0

Hyundai também terá uma picape anti-Toro já em 2021

Picape Santa Cruz será lançada ainda este ano para ocupar faixa da Fiat Toro; Caoa pode produzir a inédita picape no Brasil em 2022

6 fev 2021
05h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Projeção atualizada do designer brasileiro Kleber Silva mostra a Santa Cruz com a grade do novo Santa Fe.
Projeção atualizada do designer brasileiro Kleber Silva mostra a Santa Cruz com a grade do novo Santa Fe.
Foto: Kleber Silva / Reprodução / KDesign

Depois da Ford, da Chevrolet e da Volkswagen, a Hyundai também está com uma inédita picape anti-Toro quase pronta para a estreia. De olho no mercado que hoje é ocupado somente pela líder Fiat Toro e pela pioneira Renault Oroch, a Hyundai havia anunciado sua intenção de fabricar uma picape compacta de quatro portas em 2016, mas o projeto deu muitas reviravoltas. Agora, tudo está mais claro e já em 2021 a picape Hyundai Santa Cruz fará sua estreia.

Na verdade, a Hyundai não vai fazer uma, mas sim duas picapes -- por isso houve muita confusão sobre o projeto. Inicialmente, a marca coreana havia decidido fazer um veículo que tinha a proposta de ser mais um crossover com caçamba do que uma picape. O carro-conceito foi mostrado no Salão de Detroit de 2016 e depois surgiu no Salão de São Paulo como Creta STC. Mas, apesar da empolgação inicial, a Hyundai anunciou posteriormente que havia desistido do projeto.

Esta foto incrível vazou na internet e mostra a carroceria monobloco da Santa Cruz sem disfarces dentro da fábrica de Alabama.
Esta foto incrível vazou na internet e mostra a carroceria monobloco da Santa Cruz sem disfarces dentro da fábrica de Alabama.
Foto: Reprodução

Não se sabe se foi apenas para despistar a concorrência ou se a Hyundai realmente deu um passo atrás. Mas com o sucesso cada vez maior da Toro e com um movimento mundial de projetos de picapes inéditas, a Hyundai voltou a ser notícia. E desta vez disposta a fazer uma picape robusta. Porém, dizia-se que a picape Santa Cruz teria porte médio, para concorrer com a Toyota Hilux, a Ford Ranger e a Chevrolet Colorado nos Estados Unidos (que no Brasil foi batizada de S10). Mas não era o mesmo projeto. Mais tarde ficou evidente que a Hyundai trabalhava em dois projetos: uma anti-Toro e uma anti-Hilux (também produzida na Ásia).

O site americano Auto Trader publicou uma foto da picape em testes nos EUA.
O site americano Auto Trader publicou uma foto da picape em testes nos EUA.
Foto: Auto Trader / Reprodução

Nesse período, muitas projeções foram feitas, mas agora, devido a uma foto vazada de uma carroceria monobloco sendo transportada dentro da fábrica da Hyundai em Montgomery, Alabama, nos EUA, já temos praticamente o visual definitivo da picape Santa Cruz, a anti-Toro. Na Rússia, o site Kolesa publicou uma projeção da Santa Cruz com a mesma grade frontal do novo Hyundai Tucson. No Brasil, o designer Kleber Silva finalizou na última quinta-feira (4) sua projeção da picape Santa Cruz, com a frente inspirada na nova geração do Hyundai Santa Fe, que também é fabricada no Alabama.

A foto da cabine monobloco feita por um espião na fábrica da Hyundai mostra claramente o perfil da picape Santa Cruz, que tem a coluna C em ângulo bastante inclinado e as janelas traseiras com uma interrupção na parte posterior. Dá para perceber que a Hyundai foi bastante fiel ao projeto original, revelado no carro-conceito exibido em Detroit. Informações que vieram dos EUA revelam que a Santa Cruz terá o vidro traseiro deslizante com controle elétrico, facilitando a entrada de ar na cabine.

O site russo Kolesa fez uma projeção da Santa Cruz com a frente do novo Hyundai Tucson.
O site russo Kolesa fez uma projeção da Santa Cruz com a frente do novo Hyundai Tucson.
Foto: Kolesa.Ru / Reprodução

Os motores esperados são um 2.6 aspirado e um 2.0 turbo, ambos a gasolina, mas no futuro pode haver também uma versão esportiva com motor 3.8 de 295 cavalos. O câmbio será sempre automático de 8 marchas e haverá opção de tração 4x4, mas ainda não sabemos se nos dois motores. Inicialmente, a picape será feita no Alabama e exportada. Porém, existe a possibilidade de que a Hyundai Caoa passe a fabricar a Santa Cruz na fábrica de Anápolis (GO), pois de lá sai também o novo Tucson. Isso porque a picape Santa Cruz utilizará a plataforma do Tucson e não do Santa Fe, que é maior. Recentemente, o Grupo Caoa anunciou investimentos de R$ 1,5 milhão para ampliar a fábrica de Anápolis, onde são feitos também os Tiggo 5X, 7 e 8, em sociedade com a chinesa Chery.

Coluna C da Hyundai Santa Cruz será inclinada para realçar a esportividade da picape
Coluna C da Hyundai Santa Cruz será inclinada para realçar a esportividade da picape
Foto: Kleber Silva / Reprodução / KDesign

Se a Hyundai Caoa ou mesmo a Hyundai Brasil confirmarem a fabricação da Santa Cruz, ela pode chegar ao mercado brasileiro a partir do final de 2022 e será competitiva. Atualmente, a Fiat Toro vende 54 mil unidades/ano e é líder absoluta da categoria, que tem apenas mais uma picape, a Renault Oroch com 6 mil vendas/ano. Portanto, o cenário futuro desse segmento é o seguinte, em termos de picape e sua derivação: Toro/Renegade (Fiat), Oroch/Duster (Renault), Maverick/Bronco (Ford), Tarok/T-Cross (Volkswagen), Montana/Tracker (Chevrolet) e Santa Cruz/Tucson (Hyundai).

Projeção russa mostra o desenho da janela traseira da Santa Cruz e traz um aerofólio.
Projeção russa mostra o desenho da janela traseira da Santa Cruz e traz um aerofólio.
Foto: Kolesa.Ru / Reprodução

Quanto à outra picape inédita da Hyundai, que vai concorrer com o trio Hilux/Ranger/Colorado (ou S10), temos poucas informações. O que sabemos é que a Hyundai deverá dotá-la de um motor 3.0 a diesel de seis cilindros com 274 cv de potência e também de um poderoso V8 a gasolina. Afinal, para concorrer no mercado norte-americano é preciso ter grande cavalaria. No mercado brasileiro, o segmento de picapes médias é liderado pela Toyota Hilux com 32 mil vendas/ano, seguido da Chevrolet S10 com 27 mil e da Ford Ranger com 11 mil. A picape média da Hyundai deve estrear no final de 2022 ou no início de 2023.

 

Guia do Carro
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade