PUBLICIDADE

Nova Chevrolet Montana também vai brigar com a Fiat Toro

GM guarda a sete chaves segredo da sucessora da Chevrolet Montana, que pode manter o nome e será baseada na plataforma do SUV Tracker

12 dez 2020
0comentários
Publicidade
Renderização da nova Chevrolet Montana feita pelo site GM Authority.
Renderização da nova Chevrolet Montana feita pelo site GM Authority.
Foto: GM Authorithy / Reprodução

A General Motors tem duas picapes no mercado brasileiro: Montana e S10. Juntas, elas venderam 40 mil unidades em 2020 (até novembro). É pouco para o tamanho da GM, principalmente considerando que a picape Fiat Toro, sozinha, vendeu 59 mil unidades. Somando com as 70 mil da Fiat Strada, o fato é que a GM leva um banho da FCA no segmento de picapes. Por isso, uma nova picape da Chevrolet vem aí --  e com motor 1.4 turbo de 153 cavalos!

Ainda há dúvidas sobre algumas características da nova picape da Chevrolet. A principal delas é se continuará se chamando Montana, pois uma coisa é certa: o atual modelo sairá de linha. Prevista para 2021, a nova picape Chevrolet usará a plataforma do SUV compacto Tracker, conhecida como GEM 2 (Global Emerging Markets), para mercados globais emergentes, como Brasil, México e Índia.

Segundo o site GM Authority, especializado em notícias da montadora americana, a nova Montana (ou que nome venha a ter) usará o motor 1.4 turbo de 153 cv que atualmente equipe o Chevrolet Cruze. Este motor tem 240 Nm de torque e é fabricado em Rosário, na Argentina. O câmbio será o de seis marchas automático que equipa o Tracker.

Apesar da cabine simples, renderização mostra novidades na caçamba.
Apesar da cabine simples, renderização mostra novidades na caçamba.
Foto: GM Authorithy / Reprodução

Com este motor, a GM terá uma picape bastante competitiva para brigar numa faixa intermediária entre a Montana atual e a S10. Ou seja: exatamente onde estão posicionadas a nova Strada e a Toro, ambas da Fiat, além da Renault Oroch. E onde entrarão também as futuras picapes Ford Maverick e Volkswagen Tarok. Atualmente a Montana é produzida em São Caetano do Sul (SP). Espera, portanto, que a nova picape também seja fabricada no ABC paulista, ficando a planta de Rosário destinada para o futuro SUV 7 lugares da Chevrolet para o Mercosul.

Inicialmente acreditava-se que a nova picape da Chevrolet seria uma Montana melhorada, com a grade frontal parecida com a do Tracker, bem como outros elementos estéticos. Porém, diante do enorme segredo que envolve este lançamento, ninguém duvida que a Chevrolet também terá a sua picape anti-Toro.

É por causa disso que publicamos duas renderizações. Uma foi feita pelo site GM Authority e claramente baseia-se numa junção de elementos do Tracker com a caçamba da atual Montana. A outra, mais recente, foi criada no Brasil pelo designer Kleber Silva, um dos principais artistas do segmento, que publica seus trabalhos no site K Design (www.https://www.behance.net/designerklebers/projects). Na renderização feita por Kleber Silva, a picape mistura elementos da nova Chevrolet S10 com a do Tracker.

Renderização da nova picape feita pelo designer brasileiro Kleber Silva: cabine dupla e elementos do Tracker e da S10.
Renderização da nova picape feita pelo designer brasileiro Kleber Silva: cabine dupla e elementos do Tracker e da S10.
Foto: Kleber Silva / Reprodução

Há uma terceira renderização feita pelo GM Authority baseada no antigo visual da Chevrolet S10. Vale lembrar que as renderizações não são reconhecidas pelos fabricantes -- que nem sempre gostam de vê-las publicadas, pois antecipam seus projetos. Essas projeções evoluem à medida que a mídia ou informantes vão conseguindo mais detalhes sobre os veículos.

Com a Chevrolet entrando no segmento da Toro, teremos em breve um segmento de picapes compactas bastante concorrido, com a nova Montana (ou outro nome que vier a ter), disputando espaço com a Ford Maverick, a Volkswagen Tarok, a Renault Oroch e a própria Fiat Toro. Nesse caso, a GM terá que posicionar sua picape compacta de forma inteligente, permitindo que atuais clientes da Montana possam comprá-la e também que ela atenda aos fãs da S10 que a consideram muito grande e muito cara.

Projeção da Chevrolet Montana baseada na S10, feita com poucas informações.
Projeção da Chevrolet Montana baseada na S10, feita com poucas informações.
Foto: GM Authorithy / Reprodução

Isso abre a possibilidade para que a nova picape da Chevrolet possa usar, além do motor 1.4 turbo de 153 cv, também o 1.2 turbo de 133 cv ou o 1.0 turbo de 116 cv. Todos esses motores estão na prateleira da GM Mercosul e basta configurá-los para o projeto. Hoje a Chevrolet Montana é equipada apenas com o motor 1.4 aspirado flex de 99 cavalos. Ela tem uma caçamba de 1.152 kg e carrega 717 kg de carga. Além disso, com carroceria monobloco e não sobre chassi, a nova picape da Chevrolet terá dirigibilidade mais amigável, muito mais próxima do Tracker do que da S10. 

Também estamos falando de uma picape que, ao invés dos atuais 4,5 m da Montana, deverá ter mais de 4,9 m de comprimento e cerca de 3 m de entre-eixos. Com motor 1.4 turbo, a nova picape Chevrolet cabine dupla deve custar pelo menos R$ 110 mil (a preços de hoje). Se vier equipada com o motor 1.0 turbo e/ou o 1.2 turbo, o preço deve partir de R$ 85 mil e/ou R$ 95 mil.

RANKING DE PICAPES
P. PICAPE PORTE VENDAS*
1 Fiat Strada pequena 69.906
2 Fiat Toro compacta 59.074
3 Volkswagen Saveiro pequena  38.907
4 Toyota Hilux média  36.769
5 Chevrolet S10 média 28.469
6 Ford Ranger  média 19.891
7 Volkswagen Amarok média 17.217
8 Renault Oroch compacta  12.000
9 Chevrolet Montana  pequena 11.964
10 Mitsubishi L200 média 9.299
11 Nissan Frontier média 7.387
12 Ram 2500 grande 354

 *Até Novembro.       

            

Guia do Carro
Publicidade
Publicidade