PUBLICIDADE

GM amplia investimentos em carros elétricos e autônomos

GM investirá US$ 35 bilhões em carros autônomos e elétricos até 2025; parceria com a Honda dará origem a 2 SUVs elétricos inéditos

16 jun 2021 12h24
| atualizado às 12h32
ver comentários
Publicidade
Divisão de carros autônomos da GM, Cruise espera vender modelo Origin em 2023.
Divisão de carros autônomos da GM, Cruise espera vender modelo Origin em 2023.
Foto: GM

Com planos de eletrificar toda a linha de modelos até 2035, a General Motors anunciou nesta quarta (16) que aumentará seus investimentos em carros elétricos e autônomos até 2025. A montadora irá desembolsar um montante de US$ 35 bilhões (cerca de R$ 176 bilhões) nos próximos quatro anos, o que representa um aumento de 75% em relação ao compromisso inicial anunciado pela GM antes da pandemia.

A GM tem a expectativa de se tornar líder de mercado em carros elétricos na América do Norte até 2025. Para isso, a montadora aposta na plataforma de baterias Ultium, nas células de combustível Hydrotec e na divisão de automóveis autônomos Cruise, que deve entregar os primeiros carros autônomos em grande escala até 2023. “Estamos investindo fortemente em um plano abrangente e altamente integrado para garantir que a GM lidere em todos os aspectos a transformação para um futuro mais sustentável”, afirmou a CEO e presidente da GM, Mary Barra. 

Chevrolet Bolt: único elétrico da marca oferecido no Brasil custa R$ 274.000.
Chevrolet Bolt: único elétrico da marca oferecido no Brasil custa R$ 274.000.
Foto: GM

Parte do pacote de investimentos será aplicada na modernização das fábricas do grupo, que utilizarão somente energia de fontes renováveis até 2030 nos EUA e até 2035 no resto do mundo. A GM também espera antecipar os planos de construir duas novas fábricas de células de bateria Ultium nos EUA ainda nesta década para complementar as fábricas que já estão em construção no Tennessee e em Ohio. Mais detalhes sobre as novas fábricas nos EUA, incluindo os locais, serão anunciados pela GM posteriormente.

Plataforma elétrica Ultium será utilizada por inédito SUV da Honda nos EUA.
Plataforma elétrica Ultium será utilizada por inédito SUV da Honda nos EUA.
Foto: GM

A parceria tecnológica entre Honda e GM também foi comentada no anúncio. O acordo de colaboração entre as duas empresas envolve o desenvolvimento de tecnologias em células de combustível Hydrotec, baterias e o carro autônomo compartilhado Cruise Origin, que será vendido a partir de 2023. Além disso, a parceria incluirá também o lançamento de dois SUVs elétricos -- um da Honda e outro da marca Acura -- feitos sobre a plataforma Ultium, que serão vendidos nos EUA.

Inicialmente, o plano anunciado pela GM em novembro do ano passado incluía o lançamento de 30 novos modelos elétricos em 2025 globalmente, com dois terços disso disponíveis na América do Norte. No entanto, a montadora confirmou que também terá novos caminhões comerciais elétricos e outros produtos que serão feitos sobre a plataforma Ultium. A montadora promete revelar mais detalhes sobre os futuros modelos em breve. 

GM terá terá novos caminhões comerciais elétricos feitos sobre a plataforma Ultium.
GM terá terá novos caminhões comerciais elétricos feitos sobre a plataforma Ultium.
Foto: GM

Já a divisão de carros autônomos Cruise também teve novidades. A GM anunciou que a empresa terá acesso a uma linha de crédito plurianual de US$ 5 bilhões para financiar a compra do futuro veículo da marca, que se chamará Origin. Desenvolvido por meio de uma parceria entre a GM, Honda e Cruise, o Cruise Origin será construído na Factory Zero da GM em Detroit, a partir do início de 2023. As primeiras unidades do Cruise Origin serão utilizadas em um serviço de transporte urbano em Dubai.

Para o Brasil, a eletrificação ainda se mostra distante da realidade. No entanto, com planos de ter um portfólio global totalmente elétrico a partir de 2035, a GM terá novos modelos elétricos no país. Por enquanto, a marca oferece apenas o Chevrolet Bolt, que é importado dos EUA. O modelo elétrico é no Brasil em versão única, sem opcionais, por R$ 274.000. Resta saber o que a Chevrolet fará para substituir modelos que vão desde o Onix até o Trailblazer.
 

 

Guia do Carro
Publicidade
Publicidade