PUBLICIDADE

Startup de moradia Yuca recebe aporte de US$ 10 milhões

Com os novos recursos, o plano da empresa é ir além da moradia compartilhada

22 jun 2021 12h40
ver comentários
Publicidade

A startup de moradia Yuca anunciou nesta terça-feira, 22, que recebeu um aporte de US$ 10 milhões liderado pelo fundo brasileiro Monashees, que já investiu em unicórnios como 99, Loggi e Rappi - Terracota Ventures, ONEVC e Tishman Speyer também participaram do cheque.

Fundada em 2019, a empresa chegou ao mercado com a ideia de oferecer aluguel de casas compartilhadas - a startup capta imóveis de dois, três ou mais quartos e os aluga por cômodo. Ao contrário de outras startups de locação, como o QuintoAndar, a Yuca parte de um modelo mais centralizado de aluguel residencial, colocando diversos serviços num único boleto - além de aluguel, condomínio e IPTU, a empresa também oferece os móveis do apartamento, Wi-Fi, limpeza semanal e serviços de manutenção em um pacote só. A startup tem hoje sob sua gestão 500 quartos e um prédio em São Paulo.

Agora, com os novos recursos, o plano é ir além do coliving: a Yuca pretende diversificar sua oferta com produtos individuais e também avançar na geração de renda com imóveis residenciais.

A Yuca começou a expandir seu portfólio de apartamentos para os individuais no final de 2020. Hoje, a moradia individual corresponde a 25% dos produtos da startup: em abril, a Yuca comprou um prédio inteiro na Vila Madalena e diversos studios em Pinheiros e no Centro.

O cheque também será usado para turbinar a parte de investimentos imobiliários geridos pela Yuca. Em novembro do ano passado, a startup lançou um fundo imobiliário de R$ 40 milhões destinado à compra de imóveis pela empresa. Agora, a startup pretende também criar uma plataforma de investimento imobiliário - o objetivo é tornar a operação mais simples, rentável e com mais liquidez para o investidor.

O setor de moradia já tem dois unicórnios brasileiros (startups avaliadas em mais de US$ 1 bilhão). Um deles é o QuintoAndar, que faz a intemediação da relação entre proprietários e inquilinos e recentemente entrou também no mercado de compra e venda de imóveis. Outro é a Loft, que faz a compra, reforma e venda de imóveis residenciais. Neste ano, o mercado vem se aquecendo ainda mais: o QuintoAndar e a Loft fecharam recentemente aportes de US$ 300 milhões e US$ 525 milhões, respectivamente.

Estadão
Publicidade
Publicidade