PUBLICIDADE

Polícia descarta agressão e diz que Joice sofreu queda

Laudo sugere que a parlamentar caiu após ingerir remédios para dormir; ela havia alegado ter sido vítima de um atentado político

13 ago 2021 12h52
| atualizado às 12h53
ver comentários
Publicidade
Joice Hasselmann é fotografada com hematomas no rosto em seu apartamento funcional em Brasília
Joice Hasselmann é fotografada com hematomas no rosto em seu apartamento funcional em Brasília
Foto: Gabriela Biló / Estadão Conteúdo

A Polícia Civil concluiu as investigações do que poderia ter acontecido com a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), que acordou machucada no dia 18 de julho e alegou ter sido vítima de um atentado. Segundo a GloboNews, o laudo policial descartou a hipótese de agressão e concluiu que a parlamentar sofreu uma queda, de sua altura, possivelmente provocada pelo uso de remédios para dormir.

A investigação também afastou a linha de que Joice teria sofrido uma agressão doméstica, já que o marido dela, o médico Daniel França, era a única pessoa presente no local na ocasião do ocorrido. O casal sempre negou essa possibilidade, tendo realizado uma coletiva de imprensa no apartamento onde os fatos aconteceram para negar essa suspeita.

Joice foi examinada em um hospital de Brasília, tendo a equipe médica constatado que a deputada sofreu fraturas: cinco na região do rosto e uma na costela.

Sem lembrar o que havia lhe ocorrido, a parlamentar decidiu acionar a Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados (Depol).

Joice Hasselmann reconstitui episódio sobre seus ferimentos:

 

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade