1 evento ao vivo

Manifestantes são removidos após gritarem em discurso de Obama

5 nov 2012
10h05
atualizado às 10h09

Durante o discurso do presidente Barack Obama na arena de basquete da Universidade de Cincinnati, em Ohio, neste domingo, pelo menos dois manifestantes foram retirados do comício após interromper o discurso com gritos das arquibancadas. Segundo informações do Yahoo! News, em uma das interrupções, um homem sentado nas vigas superiores se levantou e começou a gritar sobre questões relacionadas ao aborto. Ele segurava um cartaz que dizia, de cabeça para baixo: "Este erro moral nunca deve ser direito constitucional", e continuou gritando, mas a multidão de 13,5 mil pessoas abafou o protesto com um canto de "Mais quatro anos!", um dos lemas da campanha de Obama.

Manifestantes gritaram durante discurso do presidente Barack Obama
Manifestantes gritaram durante discurso do presidente Barack Obama
Foto: Agência / AFP

Especiais
Entenda o funcionamento do processo eleitoral americano
Acompanhe as pesquisas nos Swing States, os Estados decisivos
Nesta eleição, o assunto é a economia; entenda


Especial traz reportagens dos bastiões democratas e republicanos

Veja como foram os debates presidenciais

Perfis dos candidatos
Barack Obama: do sonho do idealismo ao esforço do realismo
Romney e os republicanos: entre o favoritismo e o ceticismo

O incidente forçou o presidente a parar seu discurso, até que policiais o arrastaram para fora da arena. Quando Obama começou a falar de novo, outro homem do outro lado da arena tentou gritar novamente, mas foi rapidamente escoltado para fora. O Comício de Obama foi o último dele neste Estado que, tanto ele quanto o republicano Mitt Romney enxergam como crucial para ganhar as eleições desta terça-feira.

Ao lado do presidente estava o músico Stevie Wonder, que entreteve a multidão antes e depois do discurso de Obama. O presidente retorna nesta segunda-feira para uma reunião final, em Colombo.

Americanos vão às urnas
Os americanos escolhem nesta terça-feira seu presidente. O atual mandatário, o democrata Barack Obama, disputa a preferência dos eleitores com o republicano Mitt Romney. Diferente do Brasil, as eleições americanas são indiretas. O candidato mais votado em cada Estado leva todos os seus delegados. No fim, o candidato com maior número de delegados - e não de votos - sai vencedor. O Terra, maior empresa latino-americana de mídia digital, faz a cobertura completa das eleições presidenciais nos EUA e acompanha a apuração de votos em tempo real.

Fonte: Terra
publicidade