1 evento ao vivo

Barack Obama reforça candidatura com população hispânica na Flórida

5 nov 2012
09h44
atualizado às 11h11
  • separator

O candidato democrata às eleições americanas, Barack Obama, aposta em conquistar votos na Flórida, um dos Estados mais decisivos, convencendo a população hispânica a votar na sua reeleição.

Especiais
Entenda o funcionamento do processo eleitoral americano
Acompanhe as pesquisas nos Swing States, os Estados decisivos
Nesta eleição, o assunto é a economia; entenda


Especial traz reportagens dos bastiões democratas e republicanos

Veja como foram os debates presidenciais

Perfis dos candidatos
Barack Obama: do sonho do idealismo ao esforço do realismo
Romney e os republicanos: entre o favoritismo e o ceticismo

"A nossa economia cresce mais e os mercados vão melhorar se todas as pessoas tiverem iguais oportunidades de êxito, se todos tiverem uma boa educação e cuidados de saúde", disse Barack Obama, em Hollywood, no estado da Flórida, onde três em cada dez habitantes são hispânicos.

Com um tom informal e entusiasta, acompanhado pelo 'rapper' Pitbull, de origem cubana, e pelo ex-presidente Bill Clinton, o candidato democrata defendeu que implementou políticas que permitem crescer, criar emprego e reduzir o déficit.

"Sabemos que as nossas ideias funcionam, porque as testamos. E também sabemos que as deles (dos republicanos) não, porque também foram testadas", defendeu o presidente dos Estados Unidos.

Saiba mais
Perante milhares de pessoas que aguardaram a sua chegada, durante horas debaixo do sol da Flórida, Obama alertou que o seu adversário, Mitt Romney, "é um grande vendedor", que "fez o possível para reconstruir as suas ideias e fazer parecer outras".

"Vocês já me conhecem. Talvez não concordem com todas as decisões que já tomei, mas a Michelle também não está sempre de acordo. Por vezes, vocês podem sentir-se frustrados com a lentidão da mudança. Eu às vezes também fico", argumentou.

No estado da Flórida, estão em jogo 29 votos eleitorais, que representam 10% dos necessários para chegar à Casa Branca, o que ilustra a importância de conquistar votos neste Estado em que as pesquisas dão um empate entre Obama e Romney.

Com informações da agência Lusa

Americanos vão às urnas
Os americanos escolhem nesta terça-feira seu presidente. O atual mandatário, o democrata Barack Obama, disputa a preferência dos eleitores com o republicano Mitt Romney. Diferente do Brasil, as eleições americanas são indiretas. O candidato mais votado em cada Estado leva todos os seus delegados. No fim, o candidato com maior número de delegados - e não de votos - sai vencedor. O Terra, maior empresa latino-americana de mídia digital, faz a cobertura completa das eleições presidenciais nos EUA e acompanha a apuração de votos em tempo real.

Veja também:

Miley Cyrus incentiva fãs a votarem nas eleições americanas
Fonte: Terra
publicidade