PUBLICIDADE

Delta se alastra em Sydney, e Austrália amplia restrições da Covid-19

6 ago 2021 10h26
| atualizado às 22h23
ver comentários
Publicidade

Autoridades da Austrália aconselharam os moradores de Sydney nesta sexta-feira a se prepararem para uma disparada de casos de Covid-19, já que a maior cidade do país registrou um recorde de infecções pelo segundo dia consecutivo, apesar de um lockdown de semanas adotado para conter um surto da variante Delta.

Mulher usando máscara de proteção caminha durante lockdown em Melbourne, na Austrália
16/07/2021 REUTERS/Sandra Sanders
Mulher usando máscara de proteção caminha durante lockdown em Melbourne, na Austrália 16/07/2021 REUTERS/Sandra Sanders
Foto: Reuters

"Só com base na tendência dos últimos dias e o caminho que as coisas seguem, estou esperando números de casos mais altos nos próximos dias, e só quero que todos estejam preparados para isso", disse a premiê de Nova Gales do Sul, Gladys Berejiklian, aos repórteres em Sydney, a capital estadual.

Sydney relatou um recorde de 279 casos de Covid-19 contraídos localmente nas últimas 24 horas, cifra superior à de 259 do dia anterior. Nova Gales do Sul relatou um recorde de 291 casos, mais do que os 262 anteriores. Mais uma pessoa morreu, o que eleva o total estadual a 22 óbitos durante o surto mais recente, todos em Sydney.

A vítima fatal é uma mulher não-vacinada de cerca de 60 anos que faleceu em um hospital de Sydney depois de contrair o coronavírus de um profissional de saúde. Há 304 casos em hospitais de Nova Gales do Sul, sendo 50 pessoas em tratamento intensivo e 22 necessitadas de ventilação.

Particularmente preocupante é o número crescente de pessoas diagnosticadas com a variante Delta altamente infecciosa circulando na comunidade, especialmente nos subúrbios do sudoeste de Sydney - cerca de um quinto dos casos desta sexta-feira passaram algum tempo fora de casa depois de infectados.

Autoridades do Estado vizinho de Vitória, que na noite de quinta-feira entrou em seu sexto lockdown desde que a pandemia começou, alertaram que o Estado está em "uma situação precária", e as autoridades tentam rastrear a fonte de vários casos novos sem relação.

"Temos muitas linhas de inquérito ativamente em andamento para descobrir onde estes casos novos estiveram e quaisquer locais de exposição adicionais", disse o ministro da Saúde estadual, Martin Foley, em uma coletiva de imprensa.

Vislumbrando outro lockdown dentro de semanas, pessoas realizaram um protesto antilockdown na capital estadual Melbourne na noite de quinta-feira.

Vitória relatou seis casos de Covid-19 adquiridos localmente nesta sexta-feira, menos do que os oito do dia anterior, todos eles interligados, mas não em quarentena, durante seu período infeccioso.

Em Brisbane, a capital estadual de Queensland, as autoridades reportaram 10 casos novos, menos do que os 16 do dia anterior, e acrescentaram que têm esperança de que um lockdown seja suspenso tal como planejado no domingo, já que todos os casos, menos dois, foram isolados antes de dar exames positivos.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade