0

#Verificamos: Advogado apoiador de Haddad não defende Adélio

Circula na internet uma foto do advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, mais conhecido como Kakay, ao lado do candidato do PT

25 out 2018
21h41
  • separator
  • 0
  • comentários

Circula na internet uma foto do advogado Antônio Carlos de Almeida Castro, mais conhecido como Kakay, ao lado do candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad.

A imagem vem acompanhada de uma frase que sugere que o advogado defende o homem que esfaqueou Jair Bolsonaro, do PSL, no dia 6 de setembro de 2018. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

Foto: Agência Lupa

"[Kakay] Um dos quatro advogados de Adélio Bispo ao lado de Haddad"
Imagem que às 19h do dia 25 de outubro de 2018 já tinha mais de 3,6 mil compartilhamentos no Facebook

Adélio Bispo, que está preso por ter esfaqueado o candidato do PSL ao Palácio do Planalto, é defendido por quatro advogados Zanone Manuel de Oliveira Junior, Pedro Augusto de Lima Felipe e Possa, Fernando Costa Oliveira Magalhães e Marcelo Manoel da Costa.

Ao ser consultado sobre o assunto, Kakay enviou uma nota à Lupa com seguinte declaração: "Sou advogado criminal e soube agora que estes bandidos que habitam o submundo, que usam as fakes news para denegrir as pessoas nas redes sociais, estão espalhando uma foto minha com o Haddad e dizendo, irresponsável e criminosamente, que eu seria advogado deste maluco que praticou o bárbaro crime contra o Bolsonaro".

E continuou: "Não conheço, nunca vi e não sou advogado deste tal Adélio. Esta notícia é falsa e faz parte deste conjunto de crimes que diariamente está perpetrado contra a sociedade brasileira e contra a democracia. Tomarei todas as medidas judiciais para encontrar estes facínoras, que agem nas sombras e no covarde anonimato. Criminosos que atentam contra a soberania nacional ao tentarem interferir no processo eleitoral. Se ousam atentar contra o Supremo Tribunal certamente se sente à vontade para atentar contra um advogado. Não passarão. A Constituição vai prevalecer".  

Na semana passada, Kakay assinou um manifesto que reúne juristas e advogados e defende Haddad como o único candidato capaz de garantir a continuidade do regime democrático no Brasil.

Verificação semelhante foi feita pelo site do G1.

*Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Veja também:

 

Agência Lupa
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade