PUBLICIDADE

Justiça de Nova York pode confiscar prédios de Trump se ele não pagar multa

As denúncias indicam que, por meio de números falsos em relação aos seu ganhos, Trump possivelmente obteve condições mais favoráveis de seguradoras e bancos

21 fev 2024 - 16h45
(atualizado às 19h21)
Compartilhar
Exibir comentários

O magnata americano e ex-presidente dos EUA, Donald Trump, pode perder os seus arranha-céus em Manhattan se não pagar as pesadas multas judiciais em torno de US$ 355 milhões. O alerta foi feito pela procuradora-geral de Nova York, Letitia James.

Trump pode perder prédios para pagar multa
Trump pode perder prédios para pagar multa
Foto: Getty Images / Perfil Brasil

"Se ele não tiver fundos para pagar a sentença, então buscaremos mecanismos de execução da sentença no tribunal e pediremos ao juiz que confisque seus bens", disse James a Aaron Katersky, da ABC News.

Condenações de Trump

Desta forma, a procuradora de NY  alegou  que o magnata  inflacionou falsamente o seu patrimônio líquido em milhões de dólares  enquanto construía o seu império imobiliário para garantir condições de empréstimo mais favoráveis. James disse à ABC News que ela está "muito confiante".

Por fim, a ação também tem como alvo os filhos adultos do magnata e executivos da organização fundada pelo ex-presidente dos EUA. "Estamos preparados para garantir que a sentença seja aplicada , sim, olho para o número 40 de Wall Street todos os dias", disse James à ABC News, referindo-se ao arranha-céu de 270 metros de altura de Trump em Lower Manhattan.

Ele é dono de vários prédios, incluindo a sua antiga residência na Quinta Avenida, a Trump Tower, que também podem estar em risco de confisco. O ex-presidente, nesta semana, anunciou o lançamento de um tênis intitulado "Never Surrender".

Perfil Brasil
Compartilhar
Publicidade
Publicidade