PUBLICIDADE

SP registra primeira morte por variante Delta

Óbito ocorreu em mulher vacinada de Piracicaba

31 ago 2021 13h05
| atualizado às 13h13
ver comentários
Publicidade
Modelo 3D do vírus da covid-19
Modelo 3D do vírus da covid-19
Foto: Reuters

O Estado de São Paulo confirmou nesta terça-feira, 31, sua primeira morte provocada pela variante Delta do coronavírus.

A morte havia sido anunciada pela prefeitura de Piracicaba, mas foi confirmado pelo secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, apenas nesta terça, em entrevista à Globo News.

A vítima é uma mulher de 74 anos que já tinha sido vacinada com as duas doses da CoronaVac e apresentava comorbidade.

Outros cinco casos da variante Delta foram confirmados em 23 de agosto em Piracicaba, sendo três mulheres e dois homens com idades entre 10 e 52 anos.

Rastreada pela primeira vez na Índia, a variante Delta é mais contagiosa que o Sars-CoV-2 original e já vem provocando surtos em vários países do mundo, inclusive naqueles com vacinação avançada.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade