PUBLICIDADE

Bolsonaro reclama de "ignorante" que cobra vacinação

Presidente afirmou que não pode comparar o ritmo da imunização no Brasil com a de Israel

8 mar 2021 13h27
| atualizado às 13h39
ver comentários
Publicidade

O presidente Jair Bolsonaro reclamou nesta segunda-feira de "ignorante" que cobra dele que o Brasil tenha o mesmo nível de vacinação de Israel.

Bolsonaro conversa com simpatizantes na entrada do Palácio da Alvorada, em Brasília
Bolsonaro conversa com simpatizantes na entrada do Palácio da Alvorada, em Brasília
Foto: Dida Sampaio / Estadão Conteúdo

"Está uma delegação nossa lá em Israel tratando de vários assuntos, o mais importante é covid, acordos, vacinas, aí o pessoal bota no comentário: 'faça igual a Israel, vacine o seu povo'", disse Bolsonaro em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada transmitida pelas redes sociais.

"O cara é tão ignorante que não sabe nem a população de Israel, 9 milhões. Mas a imprensa... qual o maior problema do Brasil? Ignorância de parte da população, deixar bem claro, se não vão falar que chamei todo mundo de ignorante", disse.

Em números absolutos, o Brasil aplicou mais vacinas que Israel, mas tem uma população muito maior --cerca de 210 milhões de pessoas contra 9 milhões de pessoas do país do Oriente Médio.

Segundo cálculos da Reuters, o Brasil administrou 10,8 milhões de doses de vacinas, mas, se assumir que cada pessoa precisa de duas doses, foram apenas 2,6% da sua população.

Israel, por sua vez, administrou pelo menos 8,7 milhões de doses de vacinas 19 até o momento, conforme contagem da Reuters. Segundo esses dados, assumindo que cada pessoa precisa de duas doses, isso é o suficiente para ter vacinado cerca de 48,3% da população do país.

Bolsonaro questionou várias vezes as vacinas, afirmando que não tomará o imunizante, e chegou a comemorar como uma vitória pessoal a breve interrupção dos testes com a vacina CoronaVac, conduzidos pelo Instituto Butantan, determinada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) após a morte de um voluntário em um suicídio não relacionado à vacina.

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade