0

Irma enfraquece para tempestade tropical

Furacão José é categoria 2

11 set 2017
14h45
  • separator
  • comentários

No fim da manhã desta segunda-feira, 11, o norte da Flórida ainda sentia a chuva e os ventos do ex-furacão Irma, mas agora com menos intensidade, com a força de uma tempestade tropical. Mas a chuva e as fortes rajadas de vento de Irma começaram a ser sentidos também em áreas ao sul da Geórgia.

As imagens de satélite do fim da manhã desta segunda-feira, 11 de setembro, mostravam que parte da nebulosidade de Irma atingia o Alabama, Tenessi, a Carolina do Sul e a Carolina do Norte. Na Flórida, a nebulosidade já havia diminuído bastante.

Foto: Climatempo

Pelo boletim meteorológico do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, na sigla em inglês) das 15 UTC (12 horas em Brasília, 11 horas na Flórida), o centro da tempestade tropical estava a 115 km de Tallahassee (Flórida) e a 135 km de Cedar Key (Flórida). Os ventos máximos sustentados eram estimados em 100 km/h. O centro da tempestade se movia para norte/noroeste com 28 km/h. A pressão mínima no centro era de 975 hPa. No amanhecer desta segunda-feira, às 9 UTC (6 horas em Brasília), Irma ainda era um furacão de categoria 2 na escala Saffir-Simpson de 1 a 5. No boletim das 5 UTC (2 horas em Brasília) o NHC informou que estações meteorológicas particulares registraram rajadas de ventos 154 km/h em Clearwater.

Mesmo como tempestade tropical, os alertas para chuva forte, inundações, grandes ondas, fortes ventos e tornados foram emitidos para áreas da Geórgia, Alabama, Carolina do Sul e ainda o norte da Flórida.

A previsão é que Irma continue enfraquecendo nesta terça-feira e se torne uma depressão tropical nesta terça-feira.

Furacão José

O furacão José não deve atingir os Estados Unidos pelo menos até o sábado, 16 de setembro, pela projeção de deslocamento feita pelo NHC no fim da manhã desta segunda-feira.

O mapa mostra a previsão da trajetória do centro do furacão (H) nos próximos dias. A posição marcada por um "X" indica a posição observada às 15 UTC (2 horas em Brasília, 11 horas na Flórida), em 11 de setembro de 2017. As posições marcadas com a "H" representam a previsão da posição do sistema.

Foto: Climatempo

Mapa da previsão de deslocamento do furacão José (Fonte: NHC)

A expectativa é que José diminua sua velocidade de deslocamento no decorrer desta terça-feira e continue próximo da posição observada 15 UTC (2 horas em Brasília, 11 horas na Flórida) desta segunda-feira, mas com variações de direção.

Às 15 UTC de 11 de setembro de 2017, o furacão José tinha ventos sustentados de 165 km/h e pressão atmosférica mínima no seu centro de 968 hPa, o que inseria na categoria 2 da escala Saffir-Simpson. Seu centro estava a 490 km a norte/nordeste da ilhas Turks, segundo do boletim informativo do NHC.  Grandes ondas são esperadas para os próximos dias em toda a região entre as Bahamas e as ilhas Turks e Caicos

Veja outras matérias sobre o furacão Irma

Furacão Irma chega com força aos Estados Unidos

Furacão Irma avança para a Flórida

Furacão Irma deixa Barbuda "quase inabitável"

Climatempo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade