0

Lochte diz que não irá depor sobre "falso assalto" no Rio

30 ago 2016
12h23
atualizado às 13h07
  • separator
  • 0
  • comentários

Ao contrário de seu posicionamento logo após o "falso assalto", Ryan Lochte adotou discurso bem diferente ao ser questionado sobre o desenrolar da polêmica em que se envolveu após o fim de sua participação nas Olimpíadas Em entrevista ao site TMZ, o nadador norte-americano revelou que irá pagar pelo erro que cometeu e pareceu bem conformado com todo o escândalo ocorrido no Rio de Janeiro. Apesar disso, ele afirma que não voltará à capital fluminense para colaborar com as investigações.

Foto: Getty Images

"Eu não tenho o que comentar. Qualquer que seja minha punição, terei que encarar. Eu não acho que tirarão a minha medalha. Foi minha culpa, seja quais forem as consequências", disse o atleta, que ainda comentou que não irá ao Rio de Janeiro para responder às autoridades locais caso seja necessário. "Eu não vou voltar".

Lochte deve ser convocado pelo Ministério Público para depor novamente sobre o episódio do suposto assalto em um posto de gasolina. O caso deverá ser tocado pela justiça mesmo se o nadador não comparecer à audiência.

Se por um lado Lochte viu as consequências de seus equívocos pesarem em seu bolso - o nadador perdeu quatro patrocinadores - por outro ele ainda segue em evidência. O norte-americano foi anunciado como uma das estrelas que farão parte da "Dança dos Famosos" dos EUA, assim como as ginastas Simone Biles e Laurie Hernandez.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade