PUBLICIDADE

Polícia

Juiz é suspeito por sumiço de R$ 116 mil apreendidos de Eike

8 mar 2015 - 09h24
Compartilhar
Exibir comentários
<p>Eike Batista teve carros de luxo apreendidos</p>
Eike Batista teve carros de luxo apreendidos
Foto: André Naddeo / Terra

O juiz federa Flávio Roberto de Souza, afastado de todos os processos contra o empresário Eike Batista, teve seu nome envolvido em suposto desaparecimento de dinheiro que estava guardado na 3ª Vara Criminal da Justiça Federal do Rio de Janeiro, segundo reportagem publicada neste domingo pelo jornal Folha de S.Paulo.

De acordo com publicação da revista Veja, teriam sumido parte dos R$ 116 mil apreendidos na casa de Eike no mês passado e mais R$ 600 mil de um traficante espanhol, preso em 2013. Souza foi afastado do caso de Eike Batista em fevereiro pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) após fotos revelarem o juiz dirigindo um Porsche Cayenne, apreendido na casa do empresário.

O magistrado também deu a vizinhos a guarda de um Range Rover da família de Eike Batista e um piano de cauda. Os bens foram devolvidos posteriormente.

Fonte: Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade