PUBLICIDADE

Cidades

Polícia identifica ex-jogador do Guarani como suspeito de matar vigilante de banco em SP

Segundo a Polícia Civil, João Paulo de Castro Ferreira é suspeito de balear o vigilante Adriano Costa durante uma tentativa de assalto em SP

1 nov 2023 - 21h44
Compartilhar
Exibir comentários
Ex-jogador de futebol é identificado como suspeito de matar vigilante em SP
Ex-jogador de futebol é identificado como suspeito de matar vigilante em SP
Foto: Divulgação/Guarani

A Polícia Civil de São Paulo identificou o ex-jogador de futebol João Paulo de Castro Ferreira como o autor do disparo que matou um vigilante de banco em Franca, no interior do Estado. Adriano Costa, 49, foi baleado durante uma tentativa de assalto e não resistiu ao ferimento. De acordo com as autoridades, a Justiça expediu um mandado de prisão contra João Paulo, que segue foragido. 

A informação foi veiculada pela emissora EPTV e confirmada pelo Terra na tarde desta quarta-feira, 1º. O crime aconteceu no dia 10 de outubro. Dois vigilantes faziam ronda no telhado de uma agência do Banco do Brasil quando perceberam a presença dos criminosos. Houve troca de tiros e os guardas foram baleados. Adriano acabou atingido na cabeça, enquanto o outro não se feriu ao ser alvejado no colete à prova de balas.

Parte da ação foi registrada por câmeras de segurança, que ajudaram a polícia a identificar João Paulo e outros três suspeitos. O ex-jogador, suspeito de efetuar o disparou que matou Adriano, também foi reconhecido por uma das vítimas.  

A suspeita da Polícia Civil é de que os bandidos planejavam um assalto ao banco no feriado de 12 de outubro. Ao todo, cinco pessoas teriam participado da ação. Um celular e uma mochila com equipamentos, deixada pelos criminosos, foi apreendida e levada à perícia. 

Até o momento, um homem, considerado foragido e suspeito de participar do crime, se apresentou à delegacia de Franca. Ele negou envolvimento, mas permaneceu preso. Outros dois suspeitos, um homem e um adolescente, também foram localizados. O menor de idade foi ouvido e liberado, enquanto o homem ficou detido. A polícia trabalha para localizar o mentor do crime. 

identificado como um dos suspeitos, João Paulo se aposentou em 2017, aos 34 anos. Atuando como zagueiro e volante, teve passagens por clubes como Guarani, Paulista, Atlético Sorocaba, Mogi Mirim, Santo André e Audax. Pelo Votoraty, conquistou o título da Série A3 do Campeonato Paulista em 2009, à época comandado pelo hoje Fluminense e Seleção Brasileira Fernando Diniz

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade