5 eventos ao vivo

Bebê que perdeu perna por picada de aranha sofre 5ª cirurgia

22 mar 2010
15h37
atualizado às 15h38

O bebê de 11 meses que teve a perna amputada após sofrer uma suposta picada de aranha-marrom em Alagoinhas (a 107 km da capital baiana), passou pela quinta cirurgia, de acordo com boletim médico divulgado nesta segunda feira pelo Instituto da Criança do Hospital das Clínicas, em São Paulo, para onde ele foi transferido para tentar interromper a progressão da doença.

Foram retiradas áreas de necrose na coxa esquerda e parede abdominal, de acordo com o hospital. A criança está em estado grave, mas estável. Os médicos aguardam o resultado de exames e laudos da equipe de especialistas de diversas áreas, como cirurgia infantil, ortopedia, infectologia e imunologia para dar o próximo passo.

O Hospital Jorge Valente, em Salvador, fez outras quatro intervenções cirúrgicas. Numa delas, a perna da criança precisou ser amputada para reduzir a velocidade da necrose.

Apesar da suspeita de picada de aranha, o diagnóstico da criança não é conclusivo já que o animal não foi localizado. O desenvolvimento da necrose mesmo após o uso do soro contra o veneno do animal também causa estranhamento nos médicos.

Fonte: Agência A Tarde
publicidade