PUBLICIDADE

Bebê de um mês morre antes de transferência para leito de terapia intensiva

Este é o segundo caso em menos de 48 horas de morte infantil à espera de leito na Grande Recife; há 57 crianças aguardando leitos no Estado

24 mai 2022 16h01
| atualizado às 18h01
ver comentários
Publicidade
Fachada do Hospital Barão de Lucena (HBL) em Recife, Pernambuco
Fachada do Hospital Barão de Lucena (HBL) em Recife, Pernambuco
Foto: Reprodução

Uma bebê de 1 mês morreu antes da transferência para um leito de terapia intensiva nesta terça-feira (24), no Grande Recife, no Estado de Pernambuco. Há quatro dias a criança aguardava por por vaga em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Este é o segundo caso em menos de 48 horas de morte infantil à espera de leito na capital pernambucana. 

Segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), a bebê de 1 mês foi internada no dia 19, na UPA Curado, com sintomas de tosse e cansaço, mas o quadro evoluiu para bronquiolite viral aguda e ela passou a receber suportes ventilatório. Na madrugada desta terça-feira, a bebê "teve uma parada cardiorrespiratória no momento da transferência para outro serviço de saúde - onde passaria a ser acompanhado em leito de terapia intensiva - evoluindo para óbito".

Já na segunda-feira (23), um bebê de 11 meses também morreu aguardando um leito de terapia intensiva. A criança estava internada na emergência pediátrica do Hospital Barão de Lucena (HBL) com insuficiência respiratória grave, mas não resistiu. 

Pernambuco enfrenta uma crise de escassez de leitos de terapia intensiva para crianças. Neste momento, há 44 solicitações ativas para leitos de UTI pediátrica e 13 para UTI neonatal, segundo a SES-PE.
 

Fonte: Redação Terra
Publicidade
Publicidade