PUBLICIDADE

Motor com inteligência artificial? GM diz que nova S10 tem

Sistema IA comanda central eletrônica da picape e tem mais de 900 calibrações diferentes; motor sofreu mais de 30 evoluções distintas

27 mai 2024 - 11h30
Compartilhar
Exibir comentários

Recentemente, conhecemos de perto a chegada da linha 2025 da Chevrolet S10, picape média da GM. Uma das grandes mudanças recebidas pela caminhonete foi o motor 2.8 turbodiesel, que com seus 207 cv e 52 kgfm de torque ficou mais potente e econômico. Bons predicados para o motor Duramax Diesel, que foi extensamente retrabalhado.

Segundo a marca, mais de 30 alterações aconteceram no conjunto mecânico, mantendo apenas o bloco e virabrequim da antiga unidade CTDi. Essas evoluções incluem bicos injetores, pistões, coletor de exaustão, linha de combustível e até a turbina, por exemplo.

Chevrolet S10 2025 recebeu nova geração do 2.8 turbodiesel e ganhou vida nova
Chevrolet S10 2025 recebeu nova geração do 2.8 turbodiesel e ganhou vida nova
Foto: Canaltech

A grande novidade na S10 é a central eletrônica, que agora conta com Inteligência Artificial, atuando no software de gerenciamento do motor, algo inédito dentro da marca. O recurso atua exclusivamente na calibração, que recebeu mais de 900 condições de performance, dirigibilidade, status de componentes e consumo diferentes, além de emissões, permitindo à picape o comportamento adequado para a situação.

Uma dessas alterações, na prática, está na forma como o combustível é entregue ao motor. A injeção de diesel nas câmaras de combustão acontece de forma homogênea, com pressões e volumes necessárias para o uso exigido. Assim, essa condição usa informações vindas da central eletrônica, e suas diferentes calibrações pré-programadas.

Desempenho da S10 melhorou

Isso se traduz em melhor desempenho, por exemplo. Ao se exigir mais força do conjunto, a aceleração ocorre mais rapidamente, ajudada pela transmissão automática de oito velocidades, emprestada da irmã Colorado. Além disso, o fato é ajudado pelos números: o 0 a 100 km/h da S10 agora é de 9,4 segundos, à frente de sua versão antiga, e apenas 0,2 s mais lenta que a rival Ford Ranger V6, 43 cv mais potente.

Por fim, se considerarmos uma rival mais direta, com o conjunto mecânico virtualmente parecido (2.8 turbodiesel, quatro cilindros e 204 cv), temos a Toyota Hilux no páreo. Com ela, o 0 a 100 km/h leva mais tempo: exatos 12 segundos, bem mais que o exigido pela Chevrolet S10.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade