PUBLICIDADE

Jogadores

Melo e Soares sonham com final de Slam e vaga na Masters

14 dez 2009 - 13h00
(atualizado às 13h18)
Compartilhar

Amigos desde a adolescência em Belo Horizonte, os mineiros Marcelo Melo e Bruno Soares decidiram formar uma dupla para disputar o circuito da ATP em 2010. Antes mesmo da primeira partida oficial, a nova parceria fala em jogar uma final de Grand Slam e participar da Masters Cup, torneio que reúne as oito melhores equipes no final de cada temporada.

» Agora no saibro, Henin ganha terceiro amistoso

» Nalbandian volta a jogar sete meses após operação

» Andy Roddick e Serena Williams farão dupla em Londres-2012

» Melo e Soares preveem sucesso de Bellucci e Sá na Austrália

"A gente vem sonhando com isso e é uma meta que gostaríamos muito de alcançar. É uma coisa difícil. São apenas quatro torneios por ano e é o mais alto nível que você atingir dentro de um campeonato", declarou Bruno Soares, atual 22º colocado no ranking de duplas da ATP, sobre o desejo de brigar pelo título de um Grand Slam.

Ao lado de André Sá, Marcelo Melo perdeu dos franceses Arnaud Clement e Michael Llodra na semifinal de Wimbledon em 2007. Com o sérvio Dusan Vemic, Bruno Soares caiu na mesma fase de Roland Garros em 2008 contra o uruguaio Pablo Cuevas e o peruano Luis Horna com 6/7 (6-8) no terceiro set.

"Na semifinal que eu fiz em Paris, estive a apenas dois pontos da final. Acho que a gente sabe que é uma coisa possível. Tem que alcançar uma boa semana e juntar com um grande nível de tênis durante o evento, mas acho que é um sonho que pode acontecer já", disse Soares.

Outro plano da dupla é repetir o feito dos compatriotas Carlos Kirmayr e Cássio Motta e disputar a Masters Cup. No ano passado, Marcelo Melo e André Sá foram reservas no torneio disputado em Xangai. Já em 2009, Bruno Soares e Kevin Ullyet, do Zimbábue, formaram a 10ª melhor parceria da temporada e ficaram perto de uma vaga em Londres.

"Somos uma dupla nova e velha ao mesmo tempo. Antes de jogar com o André, joguei várias vezes com o Bruno e tivemos bons resultados. Somos amigos há muitos anos. É só juntar o nosso jogo e acreditar, que podemos ir muito bem", disse Melo, 36º no ranking e vice-campeão em duplas mistas de Roland Garros em 2009.

Ambos contam com o mesmo patrocinador e são treinados por Daniel Melo, irmão de Marcelo. Como dupla, os mineiros contabilizam 46 vitórias e 15 derrotas. Juntos, conquistaram cinco futures e jogaram uma final de challenger. Sem seus respectivos parceiros na época, eles atuaram do mesmo lado da quadra pela última vez em Pequim (2008), quando perderam nas quartas para os alemães Michael Kohlmann e Rainer Schuettler no único torneio da ATP do qual participaram. 

Nos últimos dois anos e meio, Marcelo Melo jogou com André Sá, novo parceiro do romeno Horia Tecau. Já Bruno Soares passou 2009 ao lado do veterano Kevin Ullyet, do Zimbábue, que resolveu se aposentar. "A gente se conhece bem, mas precisamos nos 'reentrosar' e ganhar confiança. Isso só vem com os torneios", disse Soares.

Com a mudança, Melo passará a jogar do lado direito nos games de devolução. "Na teoria, eu sempre joguei desse lado e tive que mudar para fazer dupla com o André. É claro que é diferente e vou precisar treinar bastante, mas se não der certo, podemos trocar também", disse.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra