PUBLICIDADE

Brasil faz 2 a 0 no Líbano e fica perto de avançar na Davis

Orlando Luz e Felipe Meligeni venceram seus jogos deste sábado e deixaram o País a um triunfo de garantir vaga no playoff do Grupo Mundial

18 set 2021 12h25
ver comentários
Publicidade

Sem sustos, a renovada equipe brasileira da Copa Davis confirmou o favoritismo e abriu 2 a 0 sobre o Líbano, neste sábado. Com vitórias de Orlando Luz e Felipe Meligeni em Jounieh, a 15 km da capital Beirute, basta mais um triunfo para o País avançar ao playoff do Grupo Mundial da principal competição entre países do tênis masculino.

Felipe Meligeni comemora ponto conquistado na sua vitória deste sábado
Felipe Meligeni comemora ponto conquistado na sua vitória deste sábado
Foto: Reprodução/@cbt-tenis.com.br

Como havia prometido o capitão Jaime Oncins na véspera da estreia, a equipe brasileira jogou de forma agressiva e dominou todas as ações do início ao fim nesse primeiro dia de partidas no Líbano, válidas pelo Grupo Mundial I.

A vaga pode vir já no duelo de duplas que abre a rodada deste domingo. Basta Marcelo Demoliner manter sua invencibilidade. Ele defendeu o País três vezes na Davis e jamais foi derrotado. Ao lado de Rafael Matos, enfrentam justamente os libaneses que foram derrotados nos duelos de simples: Benjamin Hassan e Hady Habib. Caso necessário, o domingo ainda terá Felipe Meligeni x Hassan e o quinto jogo, para um possível desempate, seria entre Orlando Luz e Hady.

A abertura do confronto melhor de cinco entre as duas nações não poderia ser melhor. O estreante Orlando Luz, 278° do mundo, enfrentou Benjamin Hassan (410º na ATP), o número 1 libanês, e precisou de apenas 82 minutos para vencer por duplo 6/4.

Orlando quebrou o serviço de Hassan logo no primeiro game do jogo, depois de estar com 15/40 contra. Com a vantagem mínima, o brasileiro apenas trocou pontos com o oponente para fechar o set em 37 minutos. A estratégia deu tão certo que ele repetiu a dose no segundo set.

Mas, desta vez, se impôs no primeiro game e quebrou com facilidade após abrir 40/15. Bastava não perder seu saque. As trocas de pontos foram até o 5/4. Hassan tentou de tudo e teve dois breakpoints para igualar o placar. Não aproveitou e o brasileiro fechou a parcial e o jogo no terceiro match point. Novo 6/4, desta vez em 45 minutos.

No segundo duelo do dia em Jounieh, Felipe Meligeni, em seu primeiro jogo de simples da história da Copa Davis - já havia jogado nas duplas - teve pela frente Hady Habib (754º), que logo fechou o primeiro game. Raro momento de festa aos libaneses, pois o brasileiro engrenou no jogo e foi logo emplacando seis pontos seguidos para fechar o set em 6 a 1, quebrando três vezes e serviço do rival em somente 31 minutos.

O segundo set começou com um Hady mais concentrado. O tenista logo quebrou o saque do brasileiro e abriu 3 a 1. Mas a devolução veio no sexto game e 3 a 3 no placar. O brasileiro cresceu, confirmou o serviço e quebrou novamente para abrir 5 a 3. Bastava sacar bem. Garantiu o dia festivo ao Brasil aproveitando o primeiro match point, vencendo por 6/1 e 6/3 em 74 minutos de partida.

Estadão
Publicidade
Publicidade