4 eventos ao vivo

Justiça de SP suspende execuções de ações trabalhistas contra a Portuguesa

12 set 2020
20h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (TRT-SP) decidiu suspender todas as execuções de ações trabalhistas contra a Portuguesa pelos próximos 60 dias. Em agosto, a Lusa ingressou com um pedido de procedimento coletivo de mediação e conciliação junto ao tribunal.

A Justiça acatou o pedido do clube do Canindé, que agora se propõe a apresentar um plano geral de recuperação e busca saldar suas dívidas por meio de um acordo coletivo com seus credores, entre ex-funcionários e ex-atletas.

"O corpo jurídico do clube tem a intenção de reunir todos os credores e propor um acordo coletivo, de maneira definitiva, economicamente viável e com segurança jurídica para todos envolvidos", escreveu a Portuguesa em comunicado.

A Lusa também informou que, para a suspensão das ações trabalhistas contra a instituição pelo TRT-SP, "será garantido um percentual fixo da receita do clube exclusivamente para seu cumprimento, independentemente de quem estiver na presidência".

Ainda segundo a equipe rubro-verde, o procedimento conta com o aval do Sindicato dos Atletas e da Federação Paulista de Futebol.

"Essa é uma ação inédita na história do futebol brasileiro que permite ao Clube saldar de maneira ética e sustentável suas dívidas trabalhistas, atendendo todos os credores de maneira mais justa e democrática", concluiu a Portuguesa.

Veja também:

A novela continua! Após desistir de espanhol, Palmeiras segue em busca de novo técnico
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade