0

Palmeirenses vão soltar a voz e gritar: "Vai, Corinthians!"

Depois de virar manos do Mano, torcedores do Verdão terão que se juntar aos alvinegros por uma partida

2 nov 2019
09h43
atualizado em 4/11/2019 às 09h39
  • separator
  • 0
  • comentários

A vida não está fácil para o palmeirense. Além de ver o time 8 pontos atrás do Flamengo, no domingão o jeito vai ser torcer pelo Corinthians durante intermináveis 90 minutos. Afinal, caso o Verdão faça sua parte contra o Ceará, uma vitória do Timão faria a vantagem rubro-negra cair para 5 pontos. Até o empate seria um bom resultado com a diferença baixando pra 6 pontos.

É a segunda vez no Brasileirão que o Corinthians de certa forma entra no caminho palmeirense. Quando Mano Menezes chegou, ele foi execrado por parte da torcida por causa do passado no maior rival. Com o tempo e as vitórias que vieram, muitos acabaram virando manos do Mano numa boa.

Torcida do Palmeiras em partida do Campeonato Brasileiro, no Allianz Parque
Torcida do Palmeiras em partida do Campeonato Brasileiro, no Allianz Parque
Foto: Leco Viana / THENEWS2/ESTADÃO CONTEÚDO

O consolo para a torcida do Palmeiras é que vai poder gritar Vai, Corinthians! discretamente no conforto do seu lar ou entre amigos. Claro que não vai ser fácil torcer para o maior rival, que além de tudo vem jogando um futebol sofrível.

Só que poderia ser pior. Em 88, durante o Campeonato Paulista, o Corinthians vencia o Santos por 2 x 0 no Pacaembu, mas dependia de uma vitória do Palmeiras sobre o São Paulo para chegar na final. O detalhe é que o Verdão já estava eliminado.

Quase no final da partida no Pacaembu, o alto-falante anunciou o gol palmeirense no Morumbi. Aí aconteceu uma cena inacreditável: o estádio inteiro passou a gritar Palmeiras. Com a ajuda do maior rival, o Corinthians decidiu o título contra o Guarani e foi campeão.

Será que a história se repetirá ao contrário e com a ajuda do rival o Verdão conseguirá na sequência ultrapassar o Flamengo? 

Quem viver, verá!

Veja também

 

Paradinha Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade