1 evento ao vivo

São Paulo x Vasco: veja os pontos fortes dos finalistas da Copinha

Com campanhas convincentes, Tricolor e Cruz-Maltino são considerados os melhores times ao longo da competição. Dessa forma, o LANCE! traz os trunfos de cada um nesta decisão

24 jan 2019
07h50
  • separator
  • 2
  • comentários

Após pouco mais de 20 dias de competição, nesta sexta-feira acontecerá a final da Copa São Paulo entre dois dos times mais badalados da categoria sub-20. Além de serem gigantes no futebol brasileiro, São Paulo e Vasco apresentaram o futebol mais atraente do torneio, fazendo valer o favoritismo em todas as fases anteriores. Cada um, com a sua característica, apresentou pontos fortes ao longo do mês de janeiro e chegam à decisão para saber qual sobressairá.

Do lado do Tricolor está o status de quem foi finalista na última edição e campeão da Copa do Brasil sub-20 em 2018. Mesmo desfalcado por jogadores que estão representando a Seleção Brasileira no Sul-Americano da categoria, mostrou a força do grupo. Já os cariocas apresentaram talentos individuais que chamam a atenção como Lucas Santos e Tiago Reis, além da sólida defesa e do bom desempenho em decisões por pênaltis. Veja esses e outros trunfos abaixo:


DIEGO (SÃO PAULO)

São Paulo e Vasco decidem a Copinha nesta sexta-feira (Foto: Celio Messias/SPFC/Ale Vianna/Divulgação)
São Paulo e Vasco decidem a Copinha nesta sexta-feira (Foto: Celio Messias/SPFC/Ale Vianna/Divulgação)
Foto: Lance!

Diego é o capitão do São Paulo (Foto: Tetê Viviani/saopaulofc.net)

O volante de 19 anos é o capitão da equipe sub-20 do Tricolor. Ele tem mostrado muita qualidade no passe e nos lançamentos, além da inteligência e do poder de marcação. Tem muito futuro, mas ainda precisa de mais maturidade para lidar com situações de pressão, já que foi expulso por bobeira tanto na final da Supercopa Sub-20, ano passado, contra o Palmeiras, quanto na terceira fase desta Copinha, contra a Ferroviária.

RODRIGO NESTOR (SÃO PAULO)

Rodrigo Nestor é meio-campista (Foto: Celio Messias/saopaulofc.net)

Aos 18 anos, tem se mostrado um meio-campista moderno: tem funções defensivas, mas é o atleta mais criativo do meio de campo do São Paulo. Na semifinal, contra o Guarani, deu assistências para Antony e Fabinho.

ANTONY (SÃO PAULO)

Antony é o craque da equipe (Foto: Celio Messias/saopaulofc.net)

Promovido ao elenco profissional no fim do ano passado e utilizado em três partidas do Brasileirão, o atacante de 18 anos foi "emprestado" para o time da Copinha após a convocação de Toró para a Seleção Brasileira sub-20. É o craque da equipe e, talvez, o craque da competição. Soma três gols e cinco assistências até aqui e tem se destacado pelos dribles.

GABRIEL NOVAES (SÃO PAULO)

Gabriel Novaes é o artilheiro (Foto: Tetê Viviani/saopaulofc.net)

O atacante de 18 anos é o artilheiro da Copinha, com nove gols. Tem se destacado pelo bom posicionamento e pela qualidade no jogo aéreo. Desfalcou a equipe na semifinal, contra o Guarani, por ter perdido a cabeça no fim do jogo contra o Cruzeiro, recebendo um cartão vermelho após dar um tapa no adversário.

FABINHO (SÃO PAULO)

Fabinho é atacante versátil (Foto: Tetê Viviani/saopaulofc.net)

O atacante de 19 anos é versátil: pode jogar fora da área, flutuando, ou como centroavante. Multi-campeão na base são-paulina, tem quatro gols e três assistências na Copinha.

ALEXANDER (VASCO)

Alexander foi herói nas quartas de final (Foto: Ale Vianna/ Divulgação)

No comando de uma defesa que foi vazada apenas cinco vezes durante a competição, Alexander é um dos pilares da campanha do Vasco na Copinha. Não só por manter a meta segura, mas também por ter sido herói da classificação do time nas quartas de final, contra o Volta Redonda. Naquela ocasião o jogo terminou empatado no tempo normal e foi para a decisão por pênaltis, quando o goleiro apareceu e defendeu duas cobranças.

CAIO LOPES (VASCO)

Caio Lopes é um volante habilidoso (Foto: Rafael Ribeiro/ VASCO)

Um dos mais talentosos meio-campistas do torneio, Caio Lopes chama a atenção pela sua qualidade no passe e inteligência no posicionamento. Sempre de cabeça erguida e precisão na troca de bola, faz funcionar a transição da defesa para o ataque como se fosse um processo simples. Parte dos elogios à qualidade de jogo vascaína na Copinha se deve a ele.

LUCAS SANTOS (VASCO)

Lucas Santos é o destaque do time (Foto: Ale Vianna/Divulgação)

Considerado por muitos o craque da competição, Lucas Santos chama a atenção pela facilidade com que executa tudo o que tenta, seja um drible, seja uma finalização, seja um gol. Deve ganhar chance no time principal e pode sair consagrado da Copinha. Tem muita personalidade e demonstrou isso contra o Corinthians, quando perdeu pênalti no tempo normal e na decisão pediu para cobrar novamente, da mesma forma, e converteu.

TIAGO REIS (VASCO)

Tiago Reis é o artilheiro do time (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)

Vice-artilheiro da competição com oito gols, Tiago Reis só está atrás de Gabriel Novaes, do São Paulo, que tem nove. O goleador vascaíno tem média de um tento por jogo na Copinha e é a esperança do time para balançar a rede no Pacaembu. Oportunista, está sempre bem posicionado para empurrar a bola para dentro do gol. É outro que deve ganhar oportunidade na equipe principal.

TALLES (VASCO)

Talles é o 12º jogador da equipe (Foto: Carlos Gregório Júnior/Vasco)

Aos 16 anos e com talento de sobra, Talles é uma das maiores promessas das categorias de base do Vasco. Marcou seu primeiro gol na categoria sub-20 nesta edição da Copinha. O garoto, apesar de ter anotado apenas um tento na competição, teve um papel importante na campanha, já que foi a principal aposta do técnico Marcos Valadares quando precisou utilizar o banco de reservas, ou seja, funcionou como um 12º jogador para a equipe.

Lance!
  • separator
  • 2
  • comentários
publicidade