0

Cruzeiro e Inter empatam em mais um jogo com VAR polêmico

5 out 2019
23h09
atualizado em 6/10/2019 às 20h55
  • separator
  • 0
  • comentários

Neste sábado, Cruzeiro Internacional se enfrentaram no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. E o confronto terminou empatado em 1 a 1, resultado pouco atrativo para as duas equipes. Nonato abriu o placar para o Colorado no primeiro tempo, enquanto Fred, de pênalti, igualou para a Raposa na etapa final.

O quarto duelo do ano entre Raposa e Colorado foi o mais equilibrado da temporada- (Ricardo Duarte/Internacional)
O quarto duelo do ano entre Raposa e Colorado foi o mais equilibrado da temporada- (Ricardo Duarte/Internacional)
Foto: LANCE!

Com o resultado, os mineiros chegam a 20 pontos e permanecem na zona do rebaixamento, ocupando a 17ª colocação. O Fluminense é o primeiro time fora do Z4, com 22 pontos, e ainda joga na rodada. Os gaúchos, por sua vez, perderam a oportunidade de seguir na cola do Corinthians, que abre o G4, e estão na sexta posição com 38 pontos conquistados.

Pela próxima rodada, ambas as equipes entram em campo na quarta-feira (9). Às 19h15 (de Brasília), o Inter visita o CSA no Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). Mais tarde, às 21h30, o Cruzeiro encara o Fluminense novamente em seus domínios.

O jogo

Jogando em casa, o Cruzeiro tentou iniciar a partida dominando a posse de bola para se impor sobre o adversário. Contudo, foi o Internacional que balançou as redes logo no começo do jogo. Aos nove minutos, o ataque Colorado fez boa tabela e Nico López deixou Nonato na cara do gol. O meio-campista bateu na saída de Fábio e tirou o zero do placar.

A Raposa procurou dar a resposta na sequência. Aos 12 minutos, David fez boa jogada pelo lado esquerdo e achou Thiago Neves dentro da área. O camisa 10 cortou Cuesta, ajeitou para a perna direita e finalizou, mandando por cima do travessão de Lomba.

No restante da primeira etapa, as duas equipes criaram chances de perigo, mas sem sucesso. Buscando o gol de empate, a equipe celeste tentou encontrar espaços, mas a defesa gaúcha se portou bem e conseguiu frear o ímpeto cruzeirense, levando a vantagem para o intervalo.

Segundo tempo 

O Internacional voltou do vestiário tentando administrar a vantagem. No entanto, o árbitro, com auxílio do VAR, assinalou penalidade máxima para os donos da casa aos 16 minutos, em lance envolvendo Patrick e Orejuela. Na cobrança, Fred não desperdiçou a oportunidade e converteu, deixando tudo igual.

Com o gol de empate, a equipe comandada por Abel Braga se animou e passou a buscar a virada. E quase que o objetivo é alcançado aos 25 minutos. David fez o cruzamento para Robinho, que cabeceou para o chão e exigiu um milagre de Marcelo Lomba para salvar a meta colorada. A partir de então, as chances claras passaram a ser mais raras e a igualdade persistiu até o apito final.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1 X 1 INTERNACIONAL

Local: Estádio do Mineirão, Belo Horizonte (MG)

Data: 5 de outubro de 2019 (sábado)

Horário: 21h (de Brasília)

Arbitragem: Wagner do Nascimento Magalhaes (RJ)

Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)

VAR: Pathrice Wallace Corrêa Maia (RJ)

Público total: 22.561

Público pagante: 18.222

Renda: R$ 224.779,50

Cartões amarelos: Fabrício Bruno, Thiago Neves, Cacá, Éderson, Sassá (Cruzeiro); Uendel, Nonato, Marcelo Lomba (Internacional)

Gols: Fred, aos 17 minutos do segundo tempo (Cruzeiro); Nonato, aos 9 minutos do primeiro tempo (Internacional)

CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Cacá, Fabrício Bruno e Egídio; Éderson, Jadson (Mauricio), Robinho, Thiago Neves (Sassá) e David (Ezequiel); Fred. Técnico: Abel Brega

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Heitor (Bruno), Bruno Fuchs, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenílson, Nonato (Neilton), Nico López (D'Alessandro) e Patrick; Guerrero. Técnico: Odair Hellmann

Veja também:

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade