1 evento ao vivo
Logo do Brasileiro Série B
Foto: terra

Brasileiro Série B

Bragantino domina, vence o Atlético-GO e mantém invencibilidade na Série B

10 mai 2019
21h10
atualizado em 13/5/2019 às 16h01
  • separator
  • comentários

Nesta sexta-feira, no estádio Nabi Abi Chedid, o Bragantino venceu o Atlético-GO por 3 a 0 pela terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro e se manteve invicto na competição, somando agora duas vitórias e um empate. Os gols da partida foram marcados por Ytalo, Wesley e Thiago Ribeiro.

Durante os 90 minutos, o Massa Bruta dominou todas as ações, e merecia vencer até por mais gols. O Dragão, fez uma partida bem abaixo da expectativa, e produziu bem pouco ao longo dos 90 minutos.

Com o resultado, o time de Bragança Paulista está em segundo lugar, pelo menos de forma provisória com sete pontos ganhos. O Atlético caiu para a oitava posição e soma quatro pontos.

Na próxima rodada, o Braga enfrenta o Londrina, fora de casa, às 11h00 (horário de Brasília). Os goianos, por sua vez, vão receber o Criciúma, na sexta-feira, dia 17, ás 19h15 (horário de Brasília).

Massa Bruta domina e sai na frente

O início do jogo foi aberto e pegado em Bragança, mas sem grandes oportunidades nos primeiros minutos. O Bragantino levou susto com chute de fora da área de Barreto.

Comandando a partida durante o primeiro tempo, o gol do Massa Bruta virou apenas questão de tempo e saiu aos 20 minutos. Lucas Ramon, na lateral-direita, cruzou a bola na área. A bola passou por Matheus Peixoto e encontrou Ytalo, que bateu no canto e abriu o placar.

O Braga seguia superior na partida, e quase ampliou. Rafael Carioca chutou firme de fora da área e mandou a bola perto do gol. Na sequência, o lateral-esquerdo dos donos da casa deu uma canela no meio do campo e tocou para Ytalo. O atacante tentou a finalização, mas a redonda foi pela linha de fundo.

Somente aos 39 minutos, o Atlético-GO levou perigo real. Mike cruzou na área, e por pouco a jogada não foi completada. Assim, o primeiro tempo acabou com vitória justa dos donos da casa por 1 a 0..

Passeio em Bragança

Logo na volta para a etapa final, o Bragantino ampliou. Nicolas acabou sendo pressionado por Claudinho e tocou na fogueira para Gilvan. O zagueiro conseguiu dar um toque fraco na bola e ajeitou para Wesley, que chutou rasteiro no canto esquerdo.

O panorama do jogo continuava o mesmo. O Braga dominava, e por pouco não marcou o terceiro. Lucas Ramon lançou a bola, Matheus Peixoto ajeitou de cabeça para Wesley. No momento do chute, o jogador foi travado e ganhou escanteio.

Os comandados de Antônio Carlos Zago continuavam mandando na partida. Rafael Carioca cruzou na área, a bola desviou no meio do caminho e quase traiu o goleiro Kozlinski. Assim, o terceiro gol saiu com facilidade. Uillian Correia lançou Ytalo no comando de ataque. O camisa 15 avançou e, próximo da linha de fundo fez o cruzamento. Thiago Ribeiro finalizou, o arqueiro do Dragão defendeu, e no rebote, o atacante mandou para o gol. O zagueiro Lucas Rocha tentou cortar, mas a redonda tinha entrado.

Apesar de entregue, os visitantes ainda tiveram uma boa oportunidade no segundo tempo. Em boa jogada no ataque, Bustamante recebeu livre na área. Porém na hora da finalização, chutou mal.  Na reta final do confronto, o Braga administrou a excelente vantagem e saiu com a vitória por 3 a 0.

FICHA TÉCNICA

BRAGANTINO 3 X 0 ATLÉTICO-GO

Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)

Data: 10 de maio de 2019, sexta-feira

Horário: 19h15 (horário de Brasília)

Árbitro: Rodrigo Nunes de Sa (RJ)

Assistentes: Carlos Henrique Alves de Lima Filho e Daniel do Espírito Santo Parro, ambos do RJ

Público: 6.743 pagantes

Renda: R$ 51.785,00

Cartões amarelos: André Luis e Lucas Rocha (Atlético-GO)

Cartão vermelho:

Gols: BRAGANTINO: Ytalo aos 20 minutos do primeiro tempo, Wesley aos dois e Thiago Ribeiro aos 30 minutos do segundo tempo

BRAGANTINO: Júlio César; Lucas Ramon, Ligger, Rayan e Rafael Carioca; Barreto, Uillian Correia e Bruno Tubarão (Wesley); Ytalo, Claudinho (Pio) e Matheus Peixoto (Thiago Ribeiro).

Técnico: Antônio Carlos Zago

ATLÉTICO-GO: Maurício Kozlinski; Reginaldo, Lucas Rocha, Gilvan e Nicolas; Pedro Bambu (Jarro Pedroso), Moacir e Matheuzinho; André Luis (Bustamante), Mike e Pedro Raul (Pedrinho).

Técnico: Wagner Lopes

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade