PUBLICIDADE

Procuradoria do STJD denuncia Botafogo pelo duelo contra Internacional

3 ago 2022 - 16h30
Ver comentários
Publicidade

O Botafogo tenta lidar com as lesões do elenco. Só que os alvinegros podem ter mais problemas. Isso porque a Procuradoria do STJD denunciou os envolvidos na polêmica partida entre Internacional e Botafogo, no Beira-Rio. Do lado alvinegro, o zagueiro Philipe Sampaio, o meia Lucas Piazón, o técnico Luís Castro e o diretor-executivo André Mazzucco serão julgados.

Philipe Sampaio foi expulso pelo pênalti cometido ainda no início do jogo. O zagueiro foi denunciado por infração ao artigo 250, parágrafo 1 (impedir de qualquer forma, em contrariedade às regras de disputa do jogo, uma oportunidade clara de gol). A possível pena é suspensão de uma a três partidas.

Lucas Piazón foi expulso pela confusão generalizada no fim da partida. O meia foi enquadrado no artigo 258 do CBJD (assumir qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva). A pena é de uma a seis partidas.

Luís Castro recebeu o cartão vermelho por reclamação. O português caiu no artigo 258, parágrafo e (desrespeitar os membros da equipe de arbitragem, ou reclamar desrespeitosamente contra suas decisões). Sua pena varia de um a seis partidas. O mesmo do comandante foi para André Mazzucco.

Dentro de campo, o Botafogo se prepara para encarar o Ceará, neste sábado, no Nilton Santos. A partida será disputada às 16h30 (de Brasília).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade