4 eventos ao vivo

Botafogo fracassa no plano de vender jogadores na janela internacional

25 jun 2018
12h36
atualizado em 26/6/2018 às 15h54
  • separator
  • comentários

A diretoria do Botafogo nunca escondeu que a venda de um jogador na janela de transferências internacionais era algo vital para os cofres do clube. Mas, pelo visto, a estratégia não vem sendo colocada em prática da melhor maneira. O clube ainda não conseguiu emplacar nenhuma negociação e não existem muitas perspectivas, principalmente no que envolve os dois com mais potencial: o zagueiro Igor Rabello e o volante Matheus Fernandes.

Com sondagens de Villarreal da Espanha e de Lille e Olympique de Marselha, da França, Matheus Fernandes não viu nenhuma negociação se concretizar. "Não recebemos proposta pelo jogador. Pelo menos nada oficial", disse o diretor de futebol Anderson Barros.

No caso de Igor Rabello, as propostas até chegaram, mas apenas uma, do Akhmat Grozny, da Chechênia, que disputa o Campeonato Russo e ofereceu 6 milhões de euros (cerca de R$ 25,4 milhões). No caso, o próprio atleta tratou de declinar, optando por permanecer no mercado brasileiro. Pela proposta, o Botafogo receberia um pouco mais de R$ 15 milhões, já que o clube tem 60% dos direitos do jogador.

Em entrevista à "Rádio Brasil" do Rio de Janeiro, Anselmo Paiva, agente que cuida da carreira de Igor Rabello, disse que a proposta foi recusada porque o jogador entendeu não ser o melhor e por não existir desespero para que ele deixe o Brasil.

Com todos seus jogadores, mas ainda sem a presença do substituto do técnico Alberto Valentim, única perda para a janela, já que aceitou proposta da Arábia Saudita, o elenco do Botafogo se reapresentou nesta segunda-feira, quando a atividade, que não teve a presença da imprensa, foi dirigida pelo auxiliar Bruno Lazaroni.

O Campeonato Brasileiro está em recesso por conta da disputa da Copa do Mundo da Rússia, e o próximo compromisso do Glorioso será o duelo com o Corinthians, em 18 de julho, na Arena Corinthians, em São Paulo, às 21h45 (de Brasília), pela 13ª rodada do Brasileirão.  O Alvinegro é o nono colocado com 17 pontos, dois a menos que o Palmeiras, que fecha o G-6, a zona de classificação para a Copa Libertadores, a principal meta dos botafoguenses para a atual temporada.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade