PUBLICIDADE
Logo do Botafogo

Botafogo

Favoritar Time

Pressão alta, técnico conhecido no futebol brasileiro: conheça o Universitario, adversário do Botafogo

Seu adversário desta quarta-feira está invicto há oito meses e é um time ofensivo que gosta de ter a posse de bola.

24 abr 2024 - 13h00
(atualizado às 13h01)
Compartilhar
Exibir comentários
Time do Universitario.
Time do Universitario.
Foto: Reprodução/Twitter Universitário (@Universitario) / Esporte News Mundo

A partida desta quarta-feira entre Botafogo e Universitario, no Estádio Nilton Santos, válida pela terceira rodada da Libertadores, às 19h00 , pela fase de grupos da Libertadores, será especial por conta marcar o primeiro jogo oficial entre as duas equipes. Além disso, será uma partida de extrema importância para ambas as equipes, só a vitória interessa para ambos. O Alvinegro é o lanterna do grupo e precisa pontuar para pensar em se classificar para as oitavas. 

Seu adversário vive um momento muito bom nos últimos meses, a equipe está invicta há oito meses sem perder um jogo oficial desde agosto do ano passado, estando em sequência de 25 jogos invictos. Neste período voltou a ser campeão peruano após ficar 10 anos sem vencer a competição, derrotando o seu maior rival na final, o Alianza Lima. Já na atual temporada, Los Cremas estão na vice-liderança da competição, um ponto atrás do líder Sporting Cristal, e é a única equipe invicta na competição. Seu adversário só levou seis gols até então, quatro no Campeonato Peruano e dois na Libertadores

O ano de 2024 é especial para a equipe, trata-se do seu centenário, que irá completar 100 anos no próximo dia 7 de agosto. Para saber mais sobre o próximo adversário do Botafogo, o Esporte News Mundo conversou com a jornalista peruano Franz Tamayo do site "Depor"

Objetivo do Universitário 

Como dito acima, 2024 é o ano em que o Universitario Deportes completa o seu centenário. Com isso em mente, a direção do clube quer ser campeão do campeonato peruano e se classificar para as oitavas de finais da Libertadores. Los Cremas atualmente ocupam a segunda posição no grupo, após o empate de ontem entre Junior Barranquilla e LDU. 

-Universitaro foi campeão no ano passado, a última vez que tinha sido campeão peruano foi em 2013, eles consagraram campeões vencendo o Alianza Lima, seu maior rival. Esse ano é o seu centenário. O clube quer ser o campeão e se classificar para as oitavas de finais da Libertadores como mínimo, esse é objetivo para o centenário. - Afirmou Franz Tamayo. 

Elenco 

Para esta temporada, a direção do clube decidiu manter grande parte do elenco que conquistou o 27º campeonato peruano da história do clube. Com isso, o time fez contratações pontuais nesta janela a principal delas foi a chegada do goleiro uruguaio  Sebastián Britos, ex-Liverpool do Uruguai e que ajudou os Negriazules a conquistarem seu primeiro título da história da competição no ano passado, ele também foi eleito o melhor goleiro da campeonato na última temporada. 

Outras duas chegadas importantes foram as dos meias: Christofer Gonzales, um jogador formado nas categorias de base da equipe e com passagem pela seleção peruana e que estava no futebol saudita defendendo o Al-Adalah da segunda divisão, e Jairo Concha, que estava no maior rival, o Alianza Lima. Por outro lado, a equipe vendeu um de seus jogadores mais importantes na última temporada, trata-se do meia Piero Quispe, de 22 anos, considerado uma das maiores joias do futebol peruano. 

-O clube não fez muitas contratações porque eles queriam manter o elenco que se sagrou campeão. 

-Entre as contratações a que tem o maior destaque está no gol, Sebastián Britos, melhor goleiro do último campeonato uruguaio na última temporada. Depois Christopher Gonzalez, jogador formado na base da La U, jogador da seleção e que estava jogando no futebol árabe. Jairo Concha também chegou, ele foi uma das contratações mais faladas, por ter jogado no rival, Alianza Lima, por três temporadas. Segundo Portocarrero, que o Bustos conhece por sua passagem pelo Barcelona. Diego Dorregaray chegou para competir pela posição de atacante com Alex Valera, que é o 9 da equipe. E depois, trouxeram Christopher Olivares que é um jogador jovem como atacante. E assim o elenco se mantém - explicou Franz Tamayo.       

O técnico

O Universitario teve uma troca de comando nesta primeira janela, o uruguaio Jorge Fossati, que ajudou a equipe a conquistar o último campeonato peruano deixou a La U para assumir a seleção do país. Em seu lugar a equipe de Lima trouxe um técnico conhecido no futebol brasileiro, trata-se do argentino Fábian Bustos, ex-Santos e América-MG

-A equipe tinha Jorge Fossati como técnico, mas Fossati foi para a Seleção Peruana após a saída Juan Reynoso. Isso aconteceu no começo do ano. Em seu lugar chegou o argentino Fábian Bustos.   

Fabian Bustos –
Fabian Bustos –
Foto: Reprodução/Twitter Universitário (@Universitario). / Esporte News Mundo

Estilo de jogo

O Universitario tem um jogo de posse de bola, gosta pressionar seus adversários fazendo pressão alta e é uma equipe que sempre sai jogando desde o seu campo de defesa. Além disso, é uma equipe que costuma sofrer poucos gols, para se ter noção disso Los Cremas sofreram apenas seis gols neste ano inteiro, quatro no Campeonato Nacional e dois na Libertadores. 

Formação

O Universitario joga com a formação 3-5-2 o esquema muda conforme o time ataca e defende. Quando está atacando seu esquema fica como normalmente é, mas quando está defendendo a linha de três, transforma em uma linha de cinco com os dois alas voltando. 

-La U joga com um 3-5-2, cinco quando está defendendo e três quando está atacando. 

-Britos no gol, a linha de cinco é com Andy Polo como ala pela direita; os três defensores são Aldo Corzo,  Willians Riveros, o paraguaio, Matias Di Benedetto, o argentino; e pela esquerda Segundo Portocarrero ou também Edson Cavalia, mas o equatoriano ganhou a vaga no momento. No meio de campo, o homem da marcação é o chileno Rodrigo Ureña, o encarregado de trazer o equilíbrio entre o meio e a defesa, também a distribuição; o volante pela direita é Martin Perez Guedes; pela esquerda, Jairo Concha. E na frente jogam Edison Flores, jogador da seleção, e Alex Valera, outro jogador da seleção.     

Atual temporada e destaques

O atual segundo colocado do Campeonato Peruano, com um ponto a menos do que o líder Sporting Cristal, a La U tem tido uma defesa sólida, um grande contribuidor para isso é o goleiro uruguaio Sebastian Britos, ele não sofreu gols em nove dos 12 jogos disputados pela equipe na competição nacional fazendo 31 defesas e tendo uma média de 2.6 defesas por jogo segundo site de estatísticas "Sofascore". 

Além disso, o zagueiro paraguaio Willians Riveros e o peruano Aldo Corzo tem tido destaque. Outro jogador que tem tido destaque é o ala-direito Andy Polo que marcou dois gols e deu duas assitências na competição nacional. 

Andy Polo em ação pelo Universitario –
Andy Polo em ação pelo Universitario –
Foto: Reprodução/Twitter Universitário (@Universitario). / Esporte News Mundo

No meio quem tem se destacado é o volante chileno Rodrigo Ureña que titular da equipe nos dois primeiros jogos da fase de grupos da Libertadores, tendo na competição uma média de 9.5 bolas recuperadas por partida e de 5.5 desarmes por jogo de acordo com o site "Sofascore". Na frente quem tem tido destaque é o atacante José Rivera que marcou os dois gols da equipe na vitória diante da LDU, na estreia na competição. 

Casa 

O Universitário manda os seus jogos no Estádio Monumental de Lima, o segundo maior da América do Sul e que tem capacidade para receber mais de 80 mil pessoas. Durante os jogos da equipe o estádio se transforma em um ambiente fervoroso em apoio a equipe com sua torcida cantando e não parando de apoiar o time.  

Desempenho jogando em casa e fora 

Os Los Cremas são  uma equipe que costuma jogar bem dentro da sua casa, o Estádio Monumental de Lima, isso pode ser ilustrado pela atual campanha da equipe no Campeonato Peruano, onde a equipe jogou cinco jogos em seus domínios e ganhou todos eles, somando 15 pontos,marcando sete gols e não sofrendo nenhum gol. 

Los Cremas também vão bem jogando fora de seus domínios, e no campeonato nacional tem a segunda melhor campanha jogando fora de casa, com 15 pontos somados, 11 gols marcados e apenas quatro gols sofridos.   

Universitario contra times brasileiros

Em toda a sua história, segundo o site "O Gol" o Universitario enfrentou times brasileiros em competições continentais em 28 ocasiões, e seu retrospecto não é bom. A equipe perdeu 18 jogos, empatou oito vezes e venceu em quatro oportunidades. Nesses encontros a equipe marcou 28 gols e sofreu 62. 

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade