PUBLICIDADE

Após homenagens a Messi, Neymar e Suárez brilham em goleada

17 jan 2016 19h23
| atualizado às 19h38
ver comentários
Publicidade

O argentino Lionel Messi voltou aos gramados nesse domingo após conquistar pela quinta vez o prêmio Bola de Ouro da Fifa. Homenageado pela torcida, ele retribuiu o carinho e anotou o primeiro gol da goleada por 6 a 0 do Barcelona sobre o Athletic de Bilbao, no Camp Nou. A equipe catalã contou com a expulsão relâmpago do goleiro Iraizoz, aos quatro minutos da etapa inicial, e com uma atuação de gala da dupla Neymar e Suárez para superar o adversário. O time, agora, mantém a perseguição ao Atlético de Madri, líder do Campeonato Espanhol.

Com o troféu de melhor jogador do mundo em mãos, Messi subiu ao gramado do Camp Nou sob os aplausos da torcida. Uma bandeira parabenizando o argentino também foi estendida nas arquibancadas do estádio. Messi, então, ergueu a Bola de Ouro no centro do campo e posou para fotos com os outros jogadores do Barcelona.

Messi mostra 5ª Bola de Ouro e recebe aplausos no Camp Nou
Messi mostra 5ª Bola de Ouro e recebe aplausos no Camp Nou
Foto: Alberto Estevez / EFE

Após o apito inicial, Piqué saiu jogando errado na defesa e deu ao Bilbao uma grande chance para estragar a festa do Barcelona. Ao retomar a bola no campo ofensivo, aos dois minutos, Munian acionou Eraso e viu o companheiro jogar para fora a oportunidade de abrir o placar.

O erro foi fatal para o Bilbao, uma vez que o goleiro Iraizoz foi driblado por Suárez, aos quatro minutos, e precisou cometer um pênalti para impedir o gol dos catalães. Com a expulsão do goleiro, o suplente Herrerín se aprontou na lateral do campo e assumiu a meta dos bascos. Ele bem que acertou o lado escolhido por Messi na cobrança, mas não teve a impulsão necessária para impedir o primeiro gol do Barcelona.

A vantagem a favor do Barcelona deixou o Bilbao acuado. A equipe catalã aproveitou para bombardear o gol de Herrerín até que Neymar, aos 30 minutos, tivesse condições de ampliar a vantagem. Ele foi lançado na esquerda pelo uruguaio Suárez e esperou a saída do goleiro para balançar as redes com um toque por cobertura.

No intervalo, o técnico Luis Enrique optou por poupar Messi e acionar o turco Turan. Logo no primeiro minuto da etapa complementar, Neymar tabelou com Suárez na entrada da área e desarrumou a zaga do Bilbao. O atacante uruguaio invadiu a área livre de marcação e tocou rasteiro para bater Herrerín mais uma vez.

Eraso, aos 16, quase diminuiu para o Bilbao, mas finalizou por cima do gol pela segunda vez na partida. No lance seguinte, Neymar arrancou do meio campo e prendeu a bola na lateral esquerda da área. O brasileiro gingou para cima da marcação e correu para a linha de fundo antes de encontrar Rakitic sozinho. O croata recebeu na frente do gol e tocou no contrapé de Herrerín para anotar o quarto do Barça.

Neymar encobriu o goleiro para marcar o segundo gol do Barcelona
Neymar encobriu o goleiro para marcar o segundo gol do Barcelona
Foto: David Ramos / Getty Images

Entregue em campo, o Bilbao se preocupava em fechar os espaços para não sofrer mais gols. A tática, no entanto, foi frustrada por Suárez. Aos 23, o uruguaio recebeu lançamento de Turan, dominou a bola no peito e teve tranquilidade para concluir dentro da área. Já aos 37, o atacante aproveitou cruzamento de Busquets para fazer, de cabeça, o sexto gol do Barcelona no jogo.

Com a vitória, o Barcelona chega aos 45 pontos e se mantém firme na segunda colocação do Campeonato Espanhol. O líder da competição é o Atlético de Madri, que derrotou o Las Palmas por 3 a 0, nesse domingo, e está com 47 pontos. O próximo jogo dos catalães será no sábado, contra o Málaga, fora de casa.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade