PUBLICIDADE

Leclerc diz que briga com Verstappen em 2019 mudou carreira: "Bom para nosso esporte"

O GP da Áustria de 2019 foi decidido a três voltas do fim, quando Max Verstappen ultrapassou Charles Leclerc com um toque e assumiu a liderança. Para o piloto da Ferrari, o incidente foi importante para mudanças na carreira e também na Fórmula 1

7 abr 2021
09h23 atualizado às 09h27
0comentários
09h23 atualizado às 09h27
Publicidade
Charles Leclerc no pódio do GP da Áustria de 2019 após terminar na 2ª posição
Charles Leclerc no pódio do GP da Áustria de 2019 após terminar na 2ª posição
Foto: Ferrari / Grande Prêmio

Apesar de ter perdido o GP da Áustria de 2019 nas voltas finais, Charles Leclerc garante que conseguiu tirar coisas positivas da corrida e mudou o estilo de pilotagem na Fórmula 1 desde então, se tornando mais agressivo.

Há dois anos, Leclerc era superado por Max Verstappen a três voltas do fim, em uma disputa emocionante pela vitória na Áustria. Na manobra, o holandês mergulhou por dentro, ambos tocaram roda e o piloto da Ferrari precisou sair da pista para evitar um contato maior entre os carros.

Questionado sobre a mudança no estilo após o incidente, o monegasco confirmou. "Sim, em parte porque a visão dos comissários mudou após aquele fim de semana e fomos liberados para passar dos limites colocados até aquele ponto", afirmou a jornalistas italianos.

Disputa entre Leclerc e Verstappen marcou GP da Áustria de 2019
Disputa entre Leclerc e Verstappen marcou GP da Áustria de 2019
Foto: Reprodução / Grande Prêmio

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

"Eu acho que foi bom para nosso esporte e disse isso logo após a corrida, apesar de decepcionado com o resultado. Sempre pensei que se nos deixassem correr com poucas restrições seríamos capazes de oferecer corridas espetaculares, mas precisávamos de um método uniforme para avlaliar as coisas. Desde então, sabemos que podemos dar o máximo em disputas sem medo de punições e me adaptei a essa situação", pontuou.

Leclerc, que está entrando em sua terceira temporada pela Ferrari, ainda afirmou que possui espaço para evoluir ainda mais na pilotagem, especialmente em controle do desgaste dos pneus.

"Quando falamos de desgaste dos pneus, é algo que continua. Acho que melhorei, mas sei que ainda há muito trabalho para ser feito. É complicado e toda vez que sento no carro há algo novo para aprender, seja como controlar em voltas rápidas ou ritmo de corrida", finalizou.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade