PUBLICIDADE

Hamilton relata tontura e visão embaçada na Hungria e fala em "batalha" desde Covid-19

Lewis Hamilton relatou exaustão depois do terceiro lugar no GP da Hungria. Heptacampeão mundial relembra dificuldade para se manter em forma desde que foi infectado pela Covid-19

1 ago 2021 15h05
ver comentários
Publicidade
Hamilton relatou cansaço extremo no pódio
Hamilton relatou cansaço extremo no pódio
Foto: Ferenc Isza/AFP / Grande Prêmio

Lewis Hamilton causou preocupação no pódio do GP da Hungria ao aparentar bastante desgaste físico. O heptacampeão mundial precisou ser levado aos médicos depois da cerimônia para um atendimento, e posteriormente descreveu o que sentiu após o fim da corrida na qual largou da pole, caiu para último e salvou um terceiro lugar.

"Estava muito exausto. Foi uma das experiências mais estranhas que tive no pódio. Uma grande tontura e tudo ficou meio embaçado no pódio. Estou lutando o ano inteiro para me manter saudável depois do que aconteceu no fim do ano passado, e tem sido uma batalha", declarou Hamilton após a corrida.

O ocorrido do ano passado, mencionado por Lewis, foi a Covid-19. O heptacampeão mundial foi infectado e precisou perder o GP de Sakhir de 2020. Mesmo retornando para a etapa em Abu Dhabi, relatou que ainda sentia os efeitos da doença.

Hamilton chegou em terceiro e bastante desgastado
Hamilton chegou em terceiro e bastante desgastado
Foto: AFP / Grande Prêmio

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

"Não falei com ninguém em particular sobre isso, mas acho que está demorando", citou o piloto sobre os efeitos da doença.

"Eu lembro dos efeitos que tive, e estou treinando de forma diferente depois disso, e os níveis de fadiga que você alcança é diferente, é um desafio real. Vamos continuar tentando e vou treinar da melhor forma que puder. Quem sabe o que aconteceu hoje? Talvez tenha sido desidratação. Eu não sei, mas não tive esta experiência. Passei por algo parecido em Silverstone, mas isto foi muito pior", seguiu o piloto, que teve problemas no carro para se hidratar ao longo da prova.

O terceiro lugar na Hungria recolocou Hamilton na liderança do campeonato. O inglês da Mercedes agora carrega vantagem de 6 pontos em cima de Max Verstappen.

Após a Hungria, a Fórmula 1 entra no recesso de verão e corre somente no GP da Bélgica, marcado para o fim de semana de 29 de agosto.

LOUCURA NA F1! OCON VENCE E ALONSO QUASE PARA HAMILTON! TUDO SOBRE O GP DA HUNGRIA | Briefing

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade