0

Fernando Alonso poderia ser tetracampeão da F1, afirma Nick Fry

17 jun 2017
18h41
  • separator
  • comentários

Nick Fry, CEO e co-proprietário da Mercedes até março de 2013, aproveitou sua presença em um congresso em Madri para afirmar que Fernando Alonso poderia ser tetracampeão mundial se tivesse assinado contrato com a Honda, que havia sido comprada pela Brawn GP, em 2008.

"Fernando Alonso deveria ter pilotado para Nick Fry e Ross Brawn em 2009. Se tivesse feito isso, hoje seria quatro vezes campeão mundial", afirmou o executivo da Fórmula 1, que está com 60 anos.

Naquele ano, Jenson Button conquistou o título da Fórmula 1 e, posteriormente, a equipe foi vendida para a Mercedes, que depois voltaria a ser bicampeã em 2014 e 2015 com Lewis Hamilton. Já Alonso permaneceu na Renault e terminou a temporada em nono, antes de assinar com a Ferrari.

Fry foi além e declarou que o piloto de 35 anos poderá ser um talento perdido, isso por causa do que foi chamado de más escolhas do espanhol, que agora está na McLaren Honda, na tentativa de ganhar mais um mundial. "Fernando Alonso pode ser um dos talentos perdidos. Se ele tivesse feito escolhas melhores, teria feitos coisas melhores".

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade