PUBLICIDADE

Com acordo iminente, Ímola desponta como substituta da China no calendário da F1 2022

Com medidas de restrição devido à pandemia de Covid-19, a China tende a ficar mais uma temporada sem receber a Fórmula 1, dando lugar a Ímola em 2022

11 out 2021 12h02
ver comentários
Publicidade
Ímola está prestes a ser confirmada no calendário da F1 para 2022
Ímola está prestes a ser confirmada no calendário da F1 para 2022
Foto: Williams / Grande Prêmio

F1 NA TURQUIA: BOTTAS VENCE E VERSTAPPEN RECUPERA A LIDERANÇA DO CAMPEONATO | Briefing

O calendário de 2022 da Fórmula 1 vai ser confirmado nesta próxima sexta, 15 de outubro, em reunião do Conselho Mundial do Esporte a Motor da FIA (Federação Internacional de Automobilismo). Recentemente, o site britânico RaceFans publicou um esboço do cronograma com 23 GPs, mas algumas mudanças tendem a ser realizadas sobre a programação oficial. O GP da China — palco da milésima corrida do Mundial de Fórmula 1, mas ausente dos dois últimos anos do calendário em razão da pandemia de Covid-19 — caminha para seguir ausente por mais um ano do calendário. A tendência é que, com acordo iminente a ser assinado com o Liberty Media, Ímola volte em 2022 como palco da quarta etapa do campeonato, entre o GP da Austrália e o novato GP de Miami. A informação é do site holandês RacingNews365.

Uma das grandes preocupações das autoridades chinesas ainda é sobre a pandemia de Covid-19. Recentemente, o governo local anunciou que apenas espectadores oriundos do país vão ter acesso liberado às arquibancadas dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, evento marcado para 7 a 20 de fevereiro.

O planejamento da F1 para o calendário de 2022 é ter 23 corridas, começando em março, com o GP do Bahrein, e terminando no dia 20 de novembro com o GP de Abu Dhabi, um dia antes da abertura da Copa do Mundo do Catar. O GP da Emília-Romanha, em Ímola, despontava como alternativa ao GP da França, em Paul Ricard.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Por restrições no país, o GP da China deve seguir fora da F1 em 2022 (Foto: Scuderia Ferrari)

De acordo com a publicação europeia, a etapa gaulesa vai permanecer no próximo calendário, mas com uma mudança de datas: a prova vai ser disputada em 24 de julho, uma semana antes do GP da Hungria, prova que marca o desfecho da primeira parte do campeonato e da consequente abertura das férias de verão.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ainda de acordo com o site, o GP de Singapura, outra prova ausente nos dois últimos anos por conta da pandemia, vai voltar ao calendário, A corrida em Marina Bay será agendada para o dia 2 de outubro, em rodada tripla com os GPs da Rússia, uma semana antes, e do Japão, sete dias depois.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade