PUBLICIDADE

Chefe da Mercedes se compadece com Red Bull e diz que "é difícil" acertar estratégia

Toto Wolff, chefe da Mercedes, sente que a Red Bull dificilmente acertaria a estratégia em Barcelona. É que, aos olhos do austríaco, é mais fácil trucar o rival estando em segundo

9 mai 2021 12h41
ver comentários
Publicidade
Toto Wolff refletiu sobre o GP da Espanha
Toto Wolff refletiu sobre o GP da Espanha
Foto: LAT Images/Mercedes / Grande Prêmio

Mercedes e Red Bull travaram embate estratégico no GP da Espanha deste domingo (9). A corrida estava parelha, com o fiel da balança sendo a decisão de chamar Lewis Hamilton para um segundo pit-stop, enquanto Max Verstappen seguiu na pista com pneus gastos. Toto Wolff, chefe da escuderia alemã, ponderou: não era tão fácil assim determinar qual seria a estratégia vencedora em Barcelona.

"Acho que a gente tinha um carro rápido, mas perder posição na primeira volta te deixa em uma posição ruim", disse Wolff, entrevistado pela Sky Sports. "Eu imagino que seja difícil para a Red Bull tomar a decisão certa, porque abrir mão de posição pode significar perder a corrida. Estando em segundo, você tem uma margem para tomar uma decisão", seguiu.

A Mercedes surpreendeu a Red Bull com a decisão de para Hamilton uma segunda vez. Se Verstappen entrasse nos boxes um giro depois, já corria o risco de perder posição. O holandês foi instruído a seguir na pista, eventualmente sucumbindo à aderência superior do britânico.

Toto Wolff viu a Mercedes derrotar a Red Bull em Barcelona
Toto Wolff viu a Mercedes derrotar a Red Bull em Barcelona
Foto: Mercedes / Grande Prêmio

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ao mesmo tempo que entende a situação da Red Bull, Wolff também faz questão de elogiar a ousadia da Mercedes na Espanha.

"Eu fico muito orgulhoso, porque é uma decisão ousada. Quando você vê uma distância de 20s, você não consegue acreditar em se recuperar. Só que percebemos que o Max estava sofrendo um pouco mais com os pneus. Nosso sistema mostrou que ele [Hamilton] só alcançaria o Max com uma volta para o fim", destacou. No fim, Lewis conseguiu se aproximar mais rapidamente e fez a manobra decisiva com cinco giros para o fim.

Trata-se da terceira vitória de Hamilton em 2021, ampliando a vantagem sobre Verstappen no Mundial de Pilotos. Agora são 14 pontos separando os dois. O próximo embate acontece dentro de duas semanas, no GP de Mônaco.

Grande Prêmio
Publicidade
Publicidade