1 evento ao vivo

Escolha entre 8 sugestões para o lanche pós-treino

24 ago 2012
08h59

É preciso repor os nutrientes nas doses certas assim que você termina de treinar para manter a energia em alta e ajudar na recuperação dos músculos. "O lanche deve ter proteínas (peito de peru, queijo, iogurte, leite, leite de soja e oleaginosas), carboidratos (pão, granola, aveia, flocos de quinoa, amaranto ou barrinhas) e vegetais (frutas, sucos naturais de frutas e sucos de frutas com vegetais)", orienta Patrícia Bertolucci, nutricionista da PB Consultoria em Nutrição, de São Paulo (SP).

A refeição feita logo após a corrida precisa combinar proteínas e carboidratos para repor o glicogênio muscular e ajudar na recuperação
A refeição feita logo após a corrida precisa combinar proteínas e carboidratos para repor o glicogênio muscular e ajudar na recuperação
Foto: Shutterstock



"A combinação de carboidratos com proteínas potencializa a reposição do glicogênio muscular carboidrato armazenado nos músculos, o que será determinante para a performance no treino seguinte", diz Patrícia. As proteínas também participam da recuperação das fibras musculares lesionadas durante o exercício e fornecem aminoácidos para o sistema imunológico.



"Os macrófagos, que também cuidam da defesa do organismo, têm os carboidratos como combustível. Por isso, ao demorar para se alimentar após o treino, pode ocorrer uma queda da imunidade, possibilitando, por exemplo, o aparecimento de resfriados", completa Lenycia Néri, nutricionista e diretora da Nutri4Life Consultoria em Nutrição, de São Paulo (SP). Além disso, a presença de antioxidantes é importante para combater a grande quantidade de radicais livres produzida durante a atividade, auxiliando na prevenção de lesões e doenças cardiovasculares.



Os lanches devem ser consumidos de preferência durante a primeira hora pós-treino. "Isso porque o carboidrato e a proteína consumidos nesse período aumentam a secreção de insulina, hormônio que facilita o armazenamento de glicogênio. Esperar mais de 2h para ingerir um alimento pode fazer com que a taxa de armazenamento de carboidrato diminua 50%", alerta Patrícia.



Confira abaixo oito boas opções apontadas pelas nutricionistas para o lanche pós-corrida.



1. Pão integral + peito de peru + suco de melancia com beterraba e gengibre



2. Iogurte natural + granola + frutas vermelhas



3. Mingau de aveia com banana



4. Banana + aveia e semente linhaça + leite de soja



5. Iogurte com mel e cereal matinal



6. Vitamina de leite + frutas (mamão, maçã, morango) + flocos de quinua



7. Torradas com geleia + leite desnatado



8. Barrinha de granola + nozes + damasco seco



E Lenycia lembra que os lanches devem ser adaptados de acordo com o horário do treino. "Podem inclusive ser substituídos por uma grande refeição, como almoço ou jantar. Também é necessário que sejam adequados ao volume do exercício. De qualquer maneira, vale ressaltar que o corredor deve comer a cada 3h, evitando a perda de massa magra", afirma a nutricionista.



Roda Livre
Especial para o Terra
Fonte: Terra
publicidade