0

Tiago Nunes elogia entrega do Athletico após vitória magra sobre o Bahia

12 mai 2019
22h21
atualizado às 22h21
  • separator
  • 0
  • comentários

Foi suado, mas o Athletico Paranaense reencontrou o caminho da vitória ao bater o Bahia por 1 a 0, na Arena da Baixada, subindo na classificação do Campeonato Brasileiro. O Rubro-Negro marcou o gol cedo, mas não estava em uma noite feliz no quesito finalização, sofrendo mais do que era previsto. O técnico Tiago Nunes,entretanto, elogiou o time pelas chances criadas e pela disposição, mesmo fisicamente desgastado após a derrota para o Boca Juniors.

"A gente teve uma atuação muito regular, criamos situações ofensivas, situações de gol, temos que elogiar o esforço dos jogadores. Repetimos praticamente a mesma equipe que jogou na Argentina. Um jogo duro, emocionalmente duro também. E o Bahia vinha em uma semana focada no nosso jogo", disse o treinador, de olho na meta que estabeleceu até a pausa da competição. "Para nossa meta de conseguirmos uma boa pontuação até a parada da Copa América foi fundamental", emendou.

O comandante athleticano, que optou por manter força máxima, acredita que o jogo poderia te ter tido outra condução, mas pelo menos foi mais um momento de aprendizagem para o grupo. "Temos um grupo de jogadores que podemos contar que é pequeno. O Jonathan com dores na panturrilha foi poupado. Todo mundo no seu limite, mas mostrando seu interesse em competir, em jogar. A gente poderia ter feito os gols que dariam tranquilidade. Me trouxe um nervosismo no final do jogo, mas fiquei feliz porque conseguimos sustentar o resultado de 1 a 0. A equipe teve maturidade e isso gera confiança", avaliou.

O Furacão vinha de três partidas fora de casa sem vencer, mas Tiago evita colocar um peso sobre isso, acreditando que os resultados como visitantes vão começar a acontecer com naturalidade. "Precisamos fazer os gols, um pouquinho mais de sorte. Ingredientes que não sabemos determinar, mas é um somatório de fatores. O Athletico não é uma exceção. Vamos naturalmente, sem uma cobrança exacerbada. As vitórias irão vir naturalmente", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade