PUBLICIDADE

Península reforça compromisso com investimentos de sua carteira no Brasil e no exterior

21 fev 2024 - 08h10
(atualizado às 08h13)
Compartilhar
Exibir comentários

(Corrige falha de digitação em nome de executiva no 7º parágrafo)

SÃO PAULO (Reuters) -A Península Participações afirmou em comunicado à imprensa na noite de terça-feira que mantém compromisso com os investimentos de sua carteira no Brasil e no exterior e indicou Eduardo Rossi para ocupar a presidência do conselho de administração antes ocupada pelo empresário Abilio Diniz, que morreu no domingo.

"A Península é uma investidora institucional e conta com uma estratégia de investimento sólida, com olhar de longo prazo. A Península reforça seu compromisso com os investimentos de seu portfólio no Brasil e no exterior", afirmou a companhia de investimentos da família de Abilio Diniz.

Diniz morreu aos 87 anos no domingo, vítima de insuficiência respiratória em função de uma pneumonite.

No comunicado à imprensa, a Península não esclarece toda a composição do conselho de administração da companhia. Diniz, por meio da Península, era um dos principais acionistas do grupo Carrefour Brasil, ocupando a vice-presidência do colegiado da varejista. Também através de sua holding de investimentos, o empresário também possuía participação relevante no francês Carrefour, com quase 14% de fatia nos direitos de voto no segundo maior grupo varejista do mundo.

"A Península é a empresa de investimentos da família Abilio Diniz e conta com gestão e governança profissionais. Desta forma, possui um conselho de administração composto por membros da família e conselheiros profissionais", afirmou a companhia.

Rossi, que era vice-presidente do colegiado da Península, está na companhia há 14 anos e também faz parte do conselho de administração do Carrefour Brasil.

A presidência-executiva da Península está a cargo de Flavia Almeida, que trabalha na empresa há 11 anos e também ocupa posição no conselho de administração da empresa de investimentos dos Diniz e no colegiado do grupo varejista de origem francesa.

"O conselho da Península definiu e documentou já há alguns anos os detalhes que permeiam a perpetuidade dos negócios da Península e sua operação", afirmou a empresa, sem dar detalhes.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Publicidade