PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul

Parque Global: conheça o novo ‘bairro’ de luxo que está sendo construído em São Paulo

Maior empreendimento imobiliário da América Latina terá apartamentos de R$ 5 milhões

12 abr 2024 - 05h00
Compartilhar
Exibir comentários
A proposta dos imóveis do projeto da Benx é oferecer aos moradores acesso a tudo que for necessário a uma distância de 15 minutos
A proposta dos imóveis do projeto da Benx é oferecer aos moradores acesso a tudo que for necessário a uma distância de 15 minutos
Foto: Divulgação

São Paulo deve ganhar um novo “bairro” de luxo às margens da Marginal Pinheiros, na Zona Sul da capital. Considerado o maior empreendimento imobiliário da América Latina, o Parque Global será uma nova smart city (cidade inteligente, em tradução livre) da capital paulista. O projeto, que ocupa um terreno de 218 mil m², deve estar totalmente concluído em 2030.

Desenvolvido pela construtora Benx, do grupo Bueno Netto, em parceria com Jorge Pérez, CEO da americana Related Group, conhecido como o rei dos condomínios de Miami, o ‘bairro’ terá cinco torres residenciais, um shopping center, uma unidade para tratamento de câncer do Hospital Israelita Albert Einstein, uma universidade e a maior torre da cidade, com 52 andares, que abrigará um hotel e apartamentos.

A ideia foi concebida em janeiro de 2003, quando Adalberto Bueno Netto, fundador e presidente da Benx, adquiriu um terreno próximo ao Rio Pinheiros que antes pertencia a uma concessionária de energia elétrica. O novo bairro planejado terá 58 mil m² em área verde. Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, o projeto é tão grande que só a enorme maquete do empreendimento teve um custo de R$ 4 milhões.

O terreno está localizado em uma área contemplada pela Operação Urbana Água Espraiada, da Prefeitura de São Paulo, que definiu uma política de adensamento para a região. É permitido construir no local até quatro vezes a área total do terreno, mas as empresas escolheram construir apenas duas vezes e meia, evitando um adensamento maior. O valor geral de vendas estimado do projeto é de R$ 14,2 bilhões.

Foto: Divulgação

A proposta dos imóveis do projeto da Benx é oferecer aos moradores acesso a tudo que for necessário a uma distância de 15 minutos, seja para ir ao trabalho ou buscar serviços e lazer. Basta ter dinheiro para pagar por isso. Hoje, o preço médio do metro quadrado no projeto é avaliado em R$ 25 mil

Para lidar com o fluxo de moradores que o projeto trará para a região, a Benx precisou fazer obras de melhoria no entorno, como três novas pistas locais na Marginal Pinheiros em toda a extensão do terreno. Há, também, previsão de uma estação de interligação da Linha 17-Ouro do Metrô, que conectará a região ao aeroporto de Congonhas.

Tamanhos e valores 

Para a moradia, os compradores dos imóveis terão apartamentos com tamanhos de 142 a 384 m² e unidades duplex de até 597 m² nas cinco torres residenciais. Elas têm 47 andares, e as áreas comuns incluem itens que transformam o condomínio em uma espécie de clube. O preço dos apartamentos de 244 metros quadrados pode ficar em torno de R$ 5 milhões.

Com a área residencial concluída até 2025, a segunda etapa do Parque Global já está em fase de construção. O novo Centro de Cuidados e Terapias Avançadas em Oncologia e Hematologia, do Albert Einstein, está previsto para ser concluído até o fim de 2026, assim como a torre que abrigará um hotel.

O shopping center (ainda sem operador anunciado) está previsto para ser concluído até 2028. O Parque Global terá, também, um prédio residencial de 52 andares com serviços de hotelaria de uma nova marca do Emiliano, chamada V3rso, e apartamentos menores, de 70 m².

Navio luxuoso que roda o mundo custa quase R$ 10 milhões Navio luxuoso que roda o mundo custa quase R$ 10 milhões

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade