PUBLICIDADE

Ibovespa opera em alta e retoma 122 mil pontos; Petrobras (PETR4) sobe e Vale (VALE3) recua

24 jun 2024 - 11h15
Compartilhar
Exibir comentários
Ibovespa. Foto: iStock.
Ibovespa. Foto: iStock.
Foto: Suno

O Ibovespa iniciou as negociações desta segunda-feira (24) em alta, tentando manter o patamar dos 122 mil pontos. Por volta das 10h20, o principal índice acionário da bolsa brasileira avança 0,70%, aos 122.185,19 pontos.

As ações da Petrobras estão subindo no início do pregão e contribuindo para a variação positiva do índice Bovespa. Por volta das 10h30, Petrobras ON (PETR3) avança 0,73%, a R$ 38,59, enquanto Petrobras PN (PETR4) tem alta de 0,41%, a R$ 36,87. A valorização dos papéis acompanha os ganhos da cotação do petróleo no exterior.

Além disso, os papéis dos grandes bancos também estão subindo em bloco nesta manhã. Por volta das 10h25, as ações do Banco do Brasil (BBAS3) sobem 0,79%, a R$ 26,82. No mesmo horário, os papéis do Santander (SANB11) operam em alta de 0,84%, a R$ 27,77. Já as ações do Bradesco (BBDC4) estão avançando 1,13%, a R$ 12,54, enquanto Itaú Unibanco (ITUB4) ganha 1,54%, a R$ 32,37. 

Por outro lado, as ações da Vale (VALE3) estão operando em baixa de 0,23%, a R$ 60,69, por volta das 10h30. A variação negativa acompanha a queda do minério de ferro no mercado chinês, que despencou 3,11% na bolsa de Dalian nesta segunda-feira. 

O que deve movimentar o Ibovespa na semana?

O mercado brasileiro inicia a semana com os olhares voltados para a agenda econômica dos próximos dias. Entre os eventos de destaque, há a divulgação da ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), na terça-feira (25), e a apresentação do IPCA-15 de junho, na quarta-feira (26).

Além disso, a semana será marcada também pela divulgação dos dados de emprego do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e da PNAD Contínua, apresentada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Além disso, de olho no exterior, os investidores aguardam os dados do Produto Interno Bruto (PIB) do primeiro trimestre dos Estados Unidos, que será divulgado na quinta-feira (27). Um dia depois, na sexta-feira (28), haverá ainda a divulgação do índice de preços de gastos com consumo (PCE), o principal indicador de inflação norte-americano.

Cotação do dólar 

O dólar comercial está operando em queda na manhã desta segunda-feira, após acumular alta de 1,12% na semana passada. Por volta das 10h15, a moeda norte-americana recua 0,73%, negociada em R$ 5,401 na compra e R$ 5,402 na venda.  

Bolsas caem na Ásia e sobem na Europa

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em baixa nesta segunda-feira, com ações de tecnologia em Taiwan e Coreia do Sul ainda pressionadas pela recente fraqueza da Nvidia, fabricante de chips americana que protagoniza o frenesi em torno da inteligência artificial (IA).

índice Taiex caiu 1,89% em Taiwan, a 22.813,70 pontos, em meio a um tombo de 3,09% na ação da TSMC, maior produtora de semicondutores do mundo, e o sul-coreano Kospi recuou 0,70% em Seul, a 2.764,73 pontos, sob o peso de ações de chips e baterias.

Na China continental, os mercados também tiveram perdas hoje, lideradas por empresas de software e do setor imobiliário. O Xangai Composto registrou baixa de 1,17%, a 2.963,10 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto, de 2,29%, a 1.616,49 pontos.

Em outras partes da Ásia, o japonês Nikkei subiu 0,54% em Tóquio, a 38.804,65 pontos, graças a ações de montadoras e financeiras, enquanto o Hang Seng terminou a sessão estável em Hong Kong, em 18.027,71 pontos.

Já na Europa, as bolsas estão operando em alta, impulsionadas por papéis de montadoras e de bancos. Por volta das 10h10 (horário de Brasília), o índice pan-europeu Stoxx 600 está avançando 0,48%, aos 517,57 pontos.

Com informações de Estadão Conteúdo.

Maiores altas e baixas do Ibovespa

Última cotação do Ibovespa

Ibovespa encerrou as negociações da última sexta-feira (21) em alta de 0,74%, aos 121.341,13 pontos. Na semana passada, o indicador acumulou uma variação positiva de 1,40%. 

Suno
Compartilhar
TAGS
Publicidade
Seu Terra












Publicidade