0

Casa Branca diz que China indicou querer acordo comercial

8 mai 2019
13h19
atualizado às 14h12
  • separator
  • 0
  • comentários

Os Estados Unidos receberam sinais de que a China quer chegar a um acordo, disse a porta-voz da Casa Branca Sarah Sanders a repórteres nesta quarta-feira, após Washington anunciar elevação de tarifas sobre 200 bilhões de dólares em produtos chineses.

Sarah Sanders, porta-voz da Casa Branca, fala a repórteres em Washington (EUA) 
08/05/2019
REUTERS/Jonathan Ernst
Sarah Sanders, porta-voz da Casa Branca, fala a repórteres em Washington (EUA) 08/05/2019 REUTERS/Jonathan Ernst
Foto: Reuters

As delegações comerciais de China e EUA vão se encontrar para a última rodada de negociações na quinta-feira.

"Temos uma indicação de que eles querem fazer um acordo", disse Sanders a repórteres. "Nossas equipes estão em negociações contínuas. Elas vão se sentar para conversar amanhã. Vamos ver o que acontece a partir daí."

Mais cedo, a Reuters publicou, citando fontes do governo e do setor privado dos EUA, que a China recuou em quase todos os aspectos de um acordo preliminar de comércio com país.

Os Estados Unidos vão elevar na sexta-feira as tarifas de 200 bilhões de dólares em importações chinesas, dos atuais 10 por cento para 25 por cento, segundo o Federal Register.

O presidente dos EUA, Donald Trump, disse no Twitter nesta quarta-feira que ficaria "muito feliz com mais de 100 bilhões de dólares por ano em tarifas para os cofres dos EUA".

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade