0

Em 2020, a TV ainda é mais influente do que a internet

O telejornalismo, as novelas e demais atrações das emissoras atingem maior número de lares que a web

1 jan 2020
15h08
  • separator
  • 0
  • comentários

De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 79,9% da população — somos quase 211 milhões de pessoas — têm acesso à internet fixa ou móvel.

Em 2020, a TV ainda é mais influente do que a internet
Em 2020, a TV ainda é mais influente do que a internet
Foto: Facebook / Reprodução

O índice de cidadãos conectados cresce a cada ano, mas ainda está distante de atingir o número de brasileiros com TV em casa.

Segundo o Ibope, cerca de 97% dos domicílios do País (são aproximadamente 71 milhões de imóveis residenciais) possuem pelo menos um aparelho.

Os usuários de internet somam 169 milhões, enquanto o total de telespectadores — considerando a média oficial de 3 pessoas por domicílio — chega a 207 milhões. A TV alcança, sem dúvida, mais gente do que a web. Sua influência continua colossal.

Não é à toa que a programação das principais emissoras pauta relevante percentual das conversas nas redes sociais.

O que se vê principalmente nos telejornais, reality shows e novelas repercute em questão de segundos no Facebook, Twitter, Instagram e outras mídias semelhantes. Em seguida, aparece nos portais de notícias, blogs, jornais e revistas.

É pela TV que a maioria dos brasileiros prefere acompanhar grandes eventos ao vivo, como competições esportivas, e a cobertura de fatos jornalísticos.

O uso de modernos smartphones e tablets se torna cada vez mais comum no dia a dia do brasileiro, mas ele não abre mão de ter uma TV de tela grande na sala de casa.

Veja também:

Star Wars: elenco revela suas predileções no universo

 

Sala de TV Blog Sala de TV - Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. Qualquer dúvida ou reclamação, favor contatá-lo diretamente no e-mail beniciojeff@gmail.com.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade