PUBLICIDADE

"99 Problemas" de Uma Preta Bonita

1 set 2023 - 10h15
Compartilhar
Exibir comentários

Chegar entre as músicas da playlist Virais do Spotify Brasil não é fácil, mas mesmo assim Duquesa foi lá e fez. Em parceria com a MC Luanna, "99 Problemas" faz voos altos e segue quente. Aproveitamos para trocar ideia com a artista e descobrimos algumas curiosidades sobre a música na conversa.

Fazer hit também não é um dos 99 problemas da Duquesa. Dois meses após o lançamento de seu projeto "Taurus", "Big D" continua colecionando posições na "Viral 50" do Spotify Brasil. Agora com "99 Problemas" na posição #4, essa é a segunda música do projeto a entrar na lista.

Foto: AUR

Como mulher negra, a necessidade de se sentir representada foi o que levou Duquesa a fazer música. A artista baiana começou como rapper aos 15 anos, mas por volta de 2018 começou a consumir e se conectar também com o R&B, tendo hoje referências como SZA, Ari Lennox, Summer Walker, Queen Naija e outras mulheres que inspiram seu som.

 Flow forte, canto delicado, sensualidade e representatividade estão presentes na música da Duquesa. Além de R&B, Duquesa também domina o trap. Assumidamente autêntica, com versos afiados, uma potente mistura de confiança, sagacidade e realidade sem remorso. Com cada linha que ela entrega, aborda temas diferentes como empoderamento, superação e quebra de barreiras. Seu flow é impecável. Quer ela esteja citando cultura popular ou compartilhando histórias pessoais, seus versos mostram uma artista poderosa, que destemidamente abraça sua singularidade e abre seu caminho no mundo dominado por homens do trap.

 "Taurus", projeto mais recente, é a mostra de todas as características citadas acima. Corajosa, segura de si e autoconfiante, Duquesa trouxe BARS que desembrulham uma nova fase da artista. Os singles "Taurus" e "Única" chegaram com tudo e foram a introdução perfeita para o que estava por vir. E "99 Problemas", faixa hoje em destaque, traz como tema a independência feminina e a liberdade sexual da mulher preta, de forma bem direta e autêntica.

Promover essa liberdade é essencial para romper com estereótipos e preconceitos históricos. Duquesa e MC Luanna valorizam a autonomia sobre os próprios corpos enquanto desafiam normas opressivas. Vale também mencionar o uso da expressão gringa "99 problems", tão presente no rap e usada por artistas desde Ice-T, passando pelo talvez uso mais popular, Jay Z, e outros rappers como Asap Rocky, Nicki Minaj e Flo MIli.

Conversamos com a Duquesa e ela respondeu á 5 perguntas sobre o hit "99 Problemas":

AUR: O tema da música é genial, como surgiu? O que te fez começar a escrever esses versos?

Duquesa: Taurus no geral foi um projeto que eu tentei ao máximo fazer críticas de coisas que me incomodavam sendo uma mulher preta e jovem dentro de um nicho majoritariamente masculino, na vida, no trabalho. 99 problemas surgiu de uma reflexão, ao longo do tempo que as coisas iam acontecendo e eu ia pontuando. Um tom de deboche, afirmações até para mim mesma.

AUR: Sem contexto, qual o seu verso favorito na música?

Duquesa: "Se esperar que eu babe seu ovo, pode apostar morre de saco seco" kk

AUR: "Duquesa Feat. MC Luanna" é sem dúvida um dos feats mais fortes do ano. Como surgiu a collab?

Duquesa: Quando pensei na mixtape me veio alguns nomes de artistas que eu gosto e admiro. Quando fiz o refrão de 99 problemas eu sabia que tinha que ser a Luana, fazia muito sentido!

AUR: A música está em #4 nas Virais do Spotify. Qual a sensação e sentimento em ver sua música chegando no topo de uma lista como essa?

Duquesa: Eu confesso que estou surpresa, a internet tem uma força muito louca, músicas ressurgem o tempo todo e outras ganham força em momentos inusitados. Mas fico feliz de estar alcançando mais pessoas e ver que meu público está crescendo e cada vez mais estão escutando mulheres.

AUR: Se você pudesse incluir "99 Problemas" na soudtrack de algum filme ou série, qual seria?

Duquesa: Insecure haha. A Luanna ama essa série e eu acho que faz muito sentido.

Enquanto a estrela da carreira de Duquesa continua a crescer, seu futuro na indústria da música parece mais promissor do que nunca. A artista faz parte da Boogie Naipe, produtora do rapper Mano Brown. À medida que ela continua a evoluir e crescer, a trajetória da carreira de Duq será, sem dúvida, uma prova do poder da mulher preta, talento e determinação.

AUR
Compartilhar
Publicidade
Publicidade