0

6 desenhos que o SBT mostrou nos anos 90 e você precisa rever

19 mar 2019
10h15
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Você já conferiu aqui uma lista com 7 desenhos que a  TV Colosso exibia e muita gente não lembra. Agora chegou a vez de recordar algumas pérolas esquecidas de outro canal emblemático na infância de muita gente: o SBT.

Você lembra desses cowboys...?
Você lembra desses cowboys...?
Foto: Reprodução

Contando com programas clássicos como a Sessão Desenho com Vovó Mafalda, Dó-Re-Mi-Fá-Sol-Lá-Si, Festolândia, Show Maravilha, Bom Dia & Cia, Casa da Angélica, Show do Mallandro e Sábado Animado, a infância das crianças dos anos 1990 foi recheada de desenhos na programação da emissora de Silvio Santos.

Relembre agora 6 desenhos que foram exibidos mas muitas vezes não são lembrados como deveriam.



HURRICANES – CRAQUES DA BOLA  
Criada pela DiC Entertainment em 1993, Hurricanes era uma co-produção entre Estados Unidos e Inglaterra lançada um ano antes da Copa do Mundo de 1994. Cada episódio mostrava as aventuras do “melhor time do mundo”, se envolvendo em conflitos geralmente com seus inimigos, os Gorgons (sem referência a Kamen Rider Black...). O desenho durou 7 temporadas e teve 65 episódios. O futebol era mero pano de fundo para as histórias, com pouca ação dentro de campo. Hurricanes – Craques da Bola estreou no Brasil em janeiro de 1997, no programa Bom Dia & Cia. Curiosamente, em setembro do mesmo ano, chegava ao Brasil o sucesso Captain Tsubasa, que aqui ficou conhecido como Supercampeões, exibido na saudosa Rede Manchete.

O JOVEM ROBIN HOOD  
Uma das atrações principais do Programa Sergio Mallandro entre 1994 e 1995, as aventuras do Jovem Robin Hood era uma produção da Hanna Barbera e da CINAR, do Canadá. Com duas temporadas divididas em 26 episódios, o desenho trazia diversão para a garotada que vibrava com Robin Hood e seus amigos Little John, Alan, Scarlet e Frei Tuck. Nos Estados Unidos, o desenho foi produzido para o programa dominical Funtastic World of Hanna-Barbera, que na mesma época exibia Os Piratas (Pirates of Dark Water), Dois Cachorros Estúpidos e SWAT Kats, que também foram exibidos no Brasil pela Globo e pela CNT/Gazeta.


OS SEIS BIÔNICOS   
Produção nipo-americana com 65 episódios divididos em duas temporadas. Os Seis Biônicos mostrava as aventuras de “uma família unida pelo destino e com poderes possíveis graças à miraculosa ciência moderna”, como nos informava a antológica abertura. Liderados por Jack Bennett, o Biônico-1, a trupe contava também com Helen (Mãe Biônica), Eric (Jogador), Bunji (Karate), Maggie (Roqueira) e J.D. (Q.I.). Combatiam os planos malévolos do Dr. Escaravelho, o irmão mais velho de Amadeus Sharp, um amigo da família biônica. Teve uma linha de brinquedos lançada pela LJN, e chegou a ser licenciado aqui pela Glasslite. Embora chegasse a fazer parte de um catálogo de brinquedos da fabricante em 1988, nunca foi lançado, o que deixa ainda mais intrigante a situação, já que a série só chegou aqui anos depois. Os Seis Biônicos eram um dos destaques do Show Maravilha entre 1990 e 1991, e ganharam uma reprise na Rede Bandeirantes em 2000, no programa Band Kids, junto com Dragon Ball Z.
 

BUMPY É DEMAIS  
Estreando nos domingos do SBT em 1995, juntamente com o clássico Street Fighter II Victory, essa animação feita em computador mostrava as diversões de um monstro que morava embaixo da cama de um garoto de 10 anos e aprontava todas durante a noite. Seu hobby favorito era comer meias sujas. Juntamente com outros brinquedos do quarto do moleque, como o monstrinho azul Squish ou a boneca de pano Molly (quase uma Emília), Bumpy mandava ver também no gogó, já que sempre ao final dos episódios cantava uma música no seu Karaoke. Teve três temporadas e 53 episódios produzidos pela Danger Prod.
 


COWBOYS DE MOO-MESA  
Destaque do Bom Dia & Cia em 1995, os valentes Cowboys de Moo-Mesa (trocadilho só possível na versão nacional) já tinham sido lançados em VHS quando foram às telinhas do SBT, com nova dublagem. Com muita ação e aventura, além de bom humor, Moo Montana, Dakota Dude e Cowlorado Kid faziam o café da manhã da garotada mais animado. Os Cowboys foram criados por Ryan Brown, muito conhecido por seu trabalho nos quadrinhos das Tartarugas Ninja nos anos 1980. A série teve 26 episódios e é um clássico instantâneo que merece ser assistido novamente.
 


LIGA DE MUTANTES
Grande sucesso dos videogames, Liga de Mutantes estreou no Brasil em fevereiro de 1996 no Programa Sergio Mallandro, mas logo virou atração na sessão Sábado Animado. O desenho trazia histórias baseadas nos jogos da franquia, Mutant League Football e Mutant League Hockey, e contou com 40 episódios. Liderados por Bones Justice, os mutantes esportistas praticavam vários tipos de esportes e dividiam as agruras da vida monstro no vestiário. No desenho, muitas referências às transmissões da TV americana, como os programas de highlights da ESPN ou as mesas de comentaristas de esportes. Na época, poderia soar um pouco estranho, já que não havia esse hábito no Brasil. Agora que a tv a cabo e a programação 100% de esportes é uma realidade no nosso país, o desenho continua atemporal, já que as “piadas” continuam as mesmas.


Tem mais algum desenho exibido pelo SBT nos anos 1990 e que você acha que pouca gente lembra?  Deixe sua sugestão nos comentários. Compartilhe com seus amigos, quem sabe eles ajudam a aumentar essa lista e homenagear os desenhos favoritos da infância de muita gente.

Veja também:

CBLoL 2021 promete evolução no cenário
Geek
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade