Resistência e movimento marcam espetáculo de dança em BH

Cia. Mário Nascimento estreia “Zhu” com trilha sonora original ao vivo

13 mai 2015
14h33
  • separator
  • 0
  • comentários

O percurso do coreógrafo e bailarino Mário Nascimento à frente da companhia que leva seu nome completará 17 anos em 2015. Para comemorar a data, a Cia. Mário Nascimento estreia nesta quinta (14) o espetáculo “Zhu”, no Centro Cultural Banco do Brasil, em Belo Horizonte.

Espetáculo ““Zhu”, da Cia. Mário Nascimento, em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil de Belo Horizonte
Espetáculo ““Zhu”, da Cia. Mário Nascimento, em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil de Belo Horizonte
Foto: Ed Félix / Divulgação

O nome do espetáculo vem do chinês e, em português, pode ser traduzido por 'bambu'. A planta simboliza resistência, constante movimento, suavidade e maleabilidade, todos atributos que de alguma forma marcam a trajetória da companhia.

Mário trabalha atualmente com nove artistas, todos com idades, formações e composições físicas diferentes. Para ajudar, o coreógrafo também conta com a atriz e bailarina Rosa Antuña. A artista voltou de uma imersão artística no prestigiado Odin Teatret, em Holstebro, Dinamarca, para fazer a assistência de direção do novo espetáculo.

A trilha sonora é do multi-instrumentista e parceiro da Cia. Mário Nascimento, Fábio Cardia, que também executará a trilha, ao vivo, no palco.

O espetáculo “Zhu” conta com o patrocínio do programa O Boticário na Dança.

“Zhu” 
Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) – Belo Horizonte
De 14 a 17de maio; de quinta a domingo
Às 20 horas
R$ 10 a inteira e R$ 5 a meia-entrada

Fonte: Cross Content
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade