PUBLICIDADE

Dr. Consulta levanta US$ 32,7 milhões em primeira rodada desde 2018

Startup vai usar dinheiro para investir em mais soluções de saúde nos ambulatórios físicos e plataformas digitais da companhia

1 ago 2022 - 19h36
Ver comentários

Um dos maiores nomes entre as healthtechs (startups de saúde) no Brasil, o Dr. Consulta anunciou nesta segunda-feira, 1.º, uma rodada de investimento de R$ 170 milhões, cerca de US$ 32,7 milhões. Trata-se do primeiro aporte na startup desde 2018, quando havia levantado US$ 46,5 milhões.

A rodada foi liderada pelo fundo Kamaroopin, gestora de Pedro Faria (ex-BRF e ex-Tarpon) que investe na startup pela primeira vez, e contou com a participação de Madrone Capital e Lightrock na rodada.

Com o cheque em mãos, a aposta da startup está em expandir os serviços de saúde nas frentes física (onde atua com ambulatórios próprios por São Paulo) e digital (com telemedicina). Em dezembro passado, o Dr. Consulta entrou na área de planos de saúde em parceria com a Cuidar.Me.

Além disso, nos últimos anos, a startup vem investindo em inteligência de dados para aprimorar os serviços de atendimento primário e secundário da companhia, digitalizando as informações dos pacientes e baixando custos.

"Essa captação marca o novo momento da companhia - que a partir da evolução do negócio e a consolidação do nosso ecossistema de saúde, tecnologia e dados - oferece uma oferta de soluções completa, ajustada aos desejos dos clientes e ao plano de crescimento da empresa", explica Renato Velloso, presidente executivo do Dr. Consulta, em nota.

Fundado em 2011, o Dr. Consulta diz que possui 4,5 milhões de clientes, 1,2 mil médicos e 30 centros médicos espalhados pela região metropolitana de São Paulo, Santos (SP) e Rio de Janeiro.

Estadão
Publicidade
Publicidade