3 eventos ao vivo

Veja dicas para reservar uma cabine em cruzeiro

Tamanho, localização, preço e amenidades são alguns dos itens que devem ser levados em conta

22 mar 2016
08h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Escolher a cabine pode ser um momento crucial na hora de reservar um cruzeiro. Uma decisão equivocada e aquela viagem que era para ser maravilhosa passa a ser um problema, afinal, ela será a sua casa durante todo o tempo em que estiver no navio. É preciso avaliar com atenção os detalhes oferecidos no navio escolhido, e comparar cada estilo de quarto com as suas necessidades.

Defina seu estilo de cabine
Esse é o primeiro passo. Dentro dos navios há diversos estilos de acomodações, desde as mais básicas e baratas, até as mais completas e caras. De forma geral as embarcações contam com quatro categorias. As internas costumam ser menores e sem janelas, as externas podem ter janelas, mas muitas vezes têm o mesmo tamanho das internas, cabines com varanda, e as suítes.

As opções vão desde os quartos mais simples até suítes com diversos ambientes
As opções vão desde os quartos mais simples até suítes com diversos ambientes
Foto: Royal Caribbean International/Divulgação

Cada companhia define as muitas subdivisões que esses tipos de quartos possuem em seus navios, mas alguns fatores são comuns a todas. Em geral as cabines são pensadas para ocupação dupla, mas acomodações familiares são cada vez mais comuns, que podem ser um só ambiente ou a junção de duas através de uma porta de ligação. Para solteiros há poucas opções, mas cada vez mais companhias começam a apostar nelas.

Quanto você pode gastar?
O valor é outra coisa que deve ser levada em conta, mas não pense só no dinheiro. Cabines internas costumam ser mais baratas, mas são menores, geralmente apenas um quarto e banheiro, não possuem janela e contam com poucas amenidades. São uma boa opção para quem só quer um lugar para dormir, além de serem melhores para quem sofre com enjoos. As externas têm um valor um pouco mais alto, mas oferecem ao menos uma janela e mais conforto.

Se você não pensa em economizar na sua viagem e quer bastante conforto, as suítes são o ideal. Maiores, muitas vezes com varandas, elas podem oferecer uma grande quantidade de amenidades, dependendo da companhia. Algumas possuem mordomo, vários cômodos, acesso exclusivo para restaurantes e bares, conexão com spas, hidromassagem interna, entre outras.

De olhos fechados
Algumas companhias oferecem uma forma de pagar menos pela cabine, válida inclusive para suítes, que é a chamada compra garantida. O hóspede faz a reserva do quarto pela categoria (interna e externa, com varanda, suíte) e paga um valor mais baixo. No entanto, não é possível escolher o local, e a posição da acomodação será definida pela empresa de acordo com as vagas que restarem. A vantagem é que pode-se pagar bem menos, e dar a sorte de pegar um lugar legal. A desvantagem é que se houver lotação, você poderá ficar com a pior cabine da categoria escolhida.

Localização
Se você não quer ter surpresas, é bom levar em conta a localização do seu quarto. Cabines internas podem ser ótimas para quem enjoa fácil, já que não possuem vista. Mas elas também podem dar a sensação de enclausuramento. Cabines nas partes centrais do navio balançam menos e são próximas dos elevadores. As na frente da embarcação são as mais afetadas pelas ondas e pelo vento, enquanto as dos fundos são estáveis, mas distantes dos elevadores. Nos deques superiores costumam ficar as mais caras, pois estão mais próximas das atrações do navio, no entanto, balançam mais pela ação do vento. Os inferiores costumam ser mais baratos, tanto pela distância de restaurantes e outros ambientes, quanto por serem mais barulhentas, pois ficam próximas das turbinas. A vantagem é que costumam ser mais estáveis.

Complementos
Há amenidades básicas em todas as cabines como sabonete e shampoo, controle de temperatura, serviço de limpeza, entre outros. Para quem se contenta com isso, as mais simples são uma boa alternativa. Categorias mais altas – e mais caras – oferecem outros complementos, que vão desde embarque e desembarque prioritários até produtos de saúde e beleza de grifes, mordomo, canapés ao anoitecer, acesso a lounges exclusives, entre outros. Mas todos dependem da companhia e os preços podem ser bem mais altos.

Conheça o cruzeiro que será novidade na próxima temporada Conheça o cruzeiro que será novidade na próxima temporada

Veja também:

Beirute: A mãe em trabalho de parto durante a explosão
Fonte: Canarinho Press
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade