Saúde

Peeling de fenol é mesmo seguro? Veja como evitar complicações

7 jul 2024 - 17h09
Compartilhar

Apesar de ser utilizado desde o início do século 19, figurando entre os primeiros peelings químicos, o peeling de fenol tem, recentemente, ganhado popularidade entre os pacientes por seus resultados surpreendentes no rejuvenescimento da pele, principalmente em pessoas com maior grau de fotoenvelhecimento. 

“O peeling de fenol é o peeling mais profundo de todos: além de remover toda a epiderme — camada mais superficial do tecido cutâneo —, também retira parte da derme, promovendo um poderoso processo de rejuvenescimento da pele”, explica a dermatologista Mônica Aribi, sócia efetiva da Sociedade Brasileira de Dermatologia e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. 

No entanto, é comum surgirem notícias de complicações relacionadas ao procedimento, levando, às vezes, até a morte. Por isso, muitas pessoas se perguntam: o peeling de fenol é realmente seguro? Segundo a médica, realmente existem alguns riscos com a aplicação do fenol. 

Homework Homework
Publicidade
Seu Terra












Publicidade