Saúde

Aumento de casos de trombose: saiba como se prevenir

24 abr 2024 - 18h34
Compartilhar

Há 10 anos, a trombose parecia ser uma doença muito distante, presente nos consultórios de cirurgiões vasculares, mas desconhecida do público em geral. Hoje, é raro não conhecer alguém que tenha passado pelo problema. A doença assombra pessoas que passam muito tempo sentadas, estão em sobrepeso, são sedentárias e fumantes, além dos viajantes de longas distâncias e os que são diagnosticados com Covid-19. 

Ela ocorre quando um coágulo sanguíneo se desenvolve no interior das veias das pernas devido à circulação inadequada, impedindo assim a passagem do sangue. 

“A trombose geralmente se manifesta como um quadro de dor na perna, principalmente na panturrilha, associado a inchaço persistente, calor, sensibilidade e vermelhidão o que vai levar quase sempre à procura de ajuda médica. Assim como o coração bombeia o sangue arterial para distribuir sangue oxigenado para o corpo, 90% da circulação das pernas é feita pelo músculo da panturrilha. Quando a bomba da panturrilha não funciona adequadamente, o sangue começa a se acumular nos membros, com maior chance de formar um coágulo”, destaca a cirurgiã vascular Aline Lamaita, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. 

Homework Homework
Publicidade
Publicidade