PUBLICIDADE

Veja cuidados em viagens para quem tem condições vasculares

Médica explica como alguns hábitos são importantes para prevenir casos de trombose

20 jun 2024 - 11h03
(atualizado às 22h57)
Compartilhar
Exibir comentários

Durante as viagens, passar horas sentado em um carro ou avião tende a afetar a circulação sanguínea. Por isso, no período de férias, indivíduos com problemas vasculares devem tomar precauções extras. A preocupação com a trombose, por exemplo, tem crescido.

Indivíduos com problemas vasculares devem tomar precauções extras em viagens longas de carro ou avião
Indivíduos com problemas vasculares devem tomar precauções extras em viagens longas de carro ou avião
Foto: wichayada suwanachun | Shutterstock / Portal EdiCase

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que a condição afeta 1 em cada 1.000 pessoas no mundo. Contudo, pequenas mudanças de hábitos e cuidados específicos podem manter a saúde das veias e artérias durante a viagem.

Para entender como o longo período sentado durante essas viagens agrava os sintomas da trombose, a especialista em Cirurgia Vascular e membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular (SBACV) Carol Mardegan ressalta a importância da prevenção.

"Buscar por acompanhamento médico é essencial e, depois do diagnóstico, é muito importante que o paciente continue o tratamento. A prevenção também é igualmente necessária; evitar o sobrepeso, consumo alto de álcool, tabagismo e colesterol alto são formas de se prevenir", destaca.

Sintomas da trombose

A trombose é caracterizada pela formação de coágulos sanguíneos nas veias, frequentemente identificada na região das pernas. E, de acordo com a médica vascular, o longo período sentado em viagens faz com que a circulação sanguínea fique mais lenta, aumentando o risco de formação desses coágulos. Os principais sintomas da condição são dor e inchaço nas pernas, que podem evoluir para complicações mais graves, como a embolia pulmonar.

Ao planejar viagens longas, não esqueça de manter o acompanhamento médico para desfrutar de uma experiência segura
Ao planejar viagens longas, não esqueça de manter o acompanhamento médico para desfrutar de uma experiência segura
Foto: Premreuthai | Shutterstock / Portal EdiCase

Aliviando as dores em viagens de avião

Em viagens aéreas, nas quais o tempo prolongado sentado é ainda maior, a especialista sugere algumas estratégias adicionais para aliviar os sintomas. "Além de movimentar as pernas regularmente durante o voo, é importante usar meias de compressão elástica, que ajudam a estimular o fluxo sanguíneo. Também é recomendado evitar o consumo excessivo de álcool e se manter hidratado", orienta Carol Mardegan.

Reduzindo os sintomas em viagens de carro

Para reduzir a incidência dos sintomas da trombose durante viagens de carro, a especialista recomenda algumas medidas simples. "Faça paradas a cada duas horas para esticar as pernas e caminhar por alguns minutos. Movimente os pés e as pernas durante o trajeto e evite apertar as pernas ou cruzá-las durante muito tempo", finaliza Carol Mardegan.

Importância da prevenção

A prevenção é fundamental para evitar complicações relacionadas à trombose. Portanto, se você está planejando uma viagem longa, seja de carro ou avião e sofre com a questão, tente ao máximo manter o acompanhamento médico antes das viagens. Cuide da sua saúde e desfrute de uma viagem segura e confortável.

Por Alice Veloso

Portal EdiCase
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade